Câmara aprova projeto que prevê a contratação de técnicos esportivos

Projeto foi aprovado por unanimidade

A Câmara Municipal de Tangará da Serra realizou durante a tarde desta terça-feira, 10 de janeiro, a 2ª Sessão Ordinária do ano, oportunidade em que entrou em discussão seis Projetos de Leis. Entre eles, a Secretaria de Esportes solicitou autorização do Poder Executivo, a fim de realizar Teste Seletivo para contratação de novos técnicos. De acordo com o Projeto de Lei, os novos funcionários deverão ser contratados para atuar nas modalidades desportivas de handebol, futsal, basquetebol, voleibol, futebol de campo e atletismo, “contribuindo na formação esportiva, educacional e social das crianças e adolescentes”, cita parte do projeto.

Apesar de ter gerado uma série de discussão durante a fala livre dos parlamentares, os vereadores aprovaram por unanimidade o pedido do Teste Seletivo, que foi apreciado em primeiro bloco. Na tribuna, o vereador Professor Sebastian ( Pros) foi um dos que usou sua fala para defender a realização do Teste Seletivo. “Se dissermos não e rejeitarmos, esse projeto pode não retornar mais”, afirmou o vereador.

Ainda durante o primeiro bloco, outro Projeto de Lei foi apreciado pelos parlamentares tangaraenses, sendo de nº 05/2015, que solicitava abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 229 mil, para custear despesas da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Serviços. Por unanimidade, os vereadores tangaraenses aprovaram o projeto, que tem como intuito promover o fomento do comércio local com apoio irrestrito à atividade comercial e prestação de serviço.

Fonte: Rodrigo Soares - Redação DS

Iniciativa privada não realizará Carnaval por falta de motivação popular

O Carnaval já há alguns anos deixou de ser matéria de gosto popular do tangaraense, que prefere muito mais eventos de cunho sertanejo do que propriamente os ritmos embalados durante as noites de carnaval popular.

A diminuição drástica na preferência do tangaraense pelas festas de Carnaval começou ainda em 2009 com a proibição judicial de utilização da Praça dos Pioneiros para a realização do evento. À época um conjunto de moradores reuniu abaixo assinado solicitando a proibição da festa no local sob a alegação de indivíduos promoverem baderna e desordem em toda a área comercial e residencial daquela região.

Ainda em 2010 o Carnaval foi transferido para as proximidades do Cristo, na entrada da cidade, mas o público rejeitou a ideia e a partir daí todas as edições do evento entraram em declínio. Agora em 2014, nem mesmo a iniciativa privada demonstrou interesse na realização da festa. "Temos a informação confirmada de que o Café Viola não fará Carnaval, assim como a AABB e também o TTC que já teve tradição em fazer essa festa. Isso se deve a falta de motivação popular, as pessoas estão optando por outras atividades e festas, como o sertanejo que tem ganhado muito mais espaço", explicou o Secretário de Turismo, José Bernadino.

SERTANEJO - O Secretário informou que o sertanejo tem se tornado o grande destaque dos principais eventos do país, como por exemplo o próprio Carnaval da Bahia que esse ano contará com apresentações de Jorge e Matheus, Israel Novaes e Lucas Lucco. "A imprensa do Brasil inteiro noticiou inclusive as dificuldades de realização do evento em Salvador, da crise financeira e da falta de incentivos. Além disso podemos perceber que o Carnaval está ganhando uma nova roupagem, que é o sertanejo começando a dominar também esse espaço", concluiu Bernadino.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMTS