PRP também oficializa apoio a PR e PDT e lançará sete candidatos a vereador

O Partido Republicano Progressista (PRP) também realizou na noite de quarta-feira, 27, no centro de Tangará da Serra, sua convenção para escolha de seus candidatos a vereador e formação de coligações com outras legendas para as eleições de 2012. O encontro contou com presenças de dezenas de filiados e simpatizantes do partido.

De acordo com o presidente perrepista, o jornalista Dorjival Silva, os convencionais aprovaram por unanimidade coligação majoritária com o Partido da República (PR), o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Popular Socialista (PPS) que têm como candidatos para prefeito Rubens Jolando e vice-prefeito Idail Trubian.

Os convencionais também aprovaram por unanimidade coligação nas proporcionais com Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Popular Socialista (PPS) e Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Nessa coligação denominada temporariamente de “Chapa 02”, ficou aprovado para o PRP a indicação de 7 nomes, sendo 4 homens e 3 mulheres. O PDT indicou 10 nomes, o PPS 4 nomes e o PCdoB 6 nomes.

A Convenção do Partido Republicano Progressista contou também com as presenças do presidente municipal do PR, deputado estadual Wagner Ramos e do candidato majoritário da sigla Rubens Jolando.

Fonte: Redação DS

Frentinha oficializa união nas proporcionais e apoio a Jolando e Trubian

O Partido Social Cristão (PSC), o Partido da Mobilização Nacional (PMN) e o Partido Trabalhista Nacional (PTN), a chamada Frentinha, que vêm andando juntos desde o mês de abril, chegando, inclusive, a anunciar a pré-candidatura de Wagner Gouveia (PSC) a Prefeitura de Tangará da Serra, oficializou na noite de ontem, em convenção, o apoio a coligação “Tangará: um novo tempo”, que traz como nomes à majoritária Rubens Jolando (PR) e Idail Trubian (PDT).

O grupo oficializou ainda que andará junto nas proporcionais, isto é, nas candidaturas a vereador. A intenção da Frentinha, que lançará 28 candidatos, é eleger ao menos um parlamentar com a possibilidade de um segundo. A chapa com os nomes também foi apresentada ontem com pelo menos nove candidatos de cada partido.

“O PMN, o PSC e o PTN já estão há 60 dias conversando. Em comum acordo decidiram caminhar juntos nas proporcionais e hoje [ontem] estivemos juntos em convenção e decidimos apoiar o PR junto com o PDT com os candidatos a prefeito e vice-prefeito, sendo o Jolando e o Idail Trubian, e na proporcional decidimos devido a afinidade que temos. Vimos que Tangará precisa de mudança e vimos neste grupo a esperança de uma renovação, como diz o próprio nome, um novo tempo para Tangará”, disse o presidente do PMN, Murilo Roniclei.

“A Frentinha, como era denominada a junção de PTN, PMN e PSC, tinha uma proposta de novo para Tangará da Serra. O que é novo? São pessoas com os mesmos objetivos, os mesmos ideais, pensamento voltado para Tangará e não pensamento próprio – acho que temos que pensar no que é bom para Tangará, para a população de Tangará. Então casando as ideias e ouvindo propostas decidimos entrar nesta coligação”, falou ao DS o presidente do PTN, Mário Robson Rodrigues.

“Como o próprio nome já diz – a primeira coisa que nos motivou a aderir a este grupo é a necessidade que Tangará tem pelo novo, que olhe para Tangará e queira que ela cresça, com novidades, novos nomes e novas opções e isto nos motivou a estar com este grupo. Na proporcional, com a frente dos três partidos acredito que somos pares, temos afinidade e o mesmo nível de coeficiente de votos e é um grupo bom”, pontuou o presidente do PSC, Uzias de Souza Santos.

O presidente do PR, deputado estadual Wagner Ramos, também esteve no encontro da Frentinha.

Fonte: Alexandre Rolim - Redação DS