Rotarianos recebem Moção por limpeza no sepotuba

A 14ª edição do projeto “Preserve o Rio Sepotuba”, realizada em 17 de junho pelo Rotary Clube Tangará da Serra Centro motivou moção de aplausos e reconhecimento conferida pela Câmara Municipal, durante a sessão ordinária da última terça-feira, 3.

A moção, proposta pelos vereadores Claudinho Frare (PSD), Niltinho do Lanche (MDB), Ronaldo Quintão (PP) e Zedeca (MDB), foi entregue a todos os membros do clube, que marcaram presença em bom número durante a sessão do Legislativo, sob liderança do presidente Luiz Carlos Guedes.
Na mensagem da moção, a Câmara destacou o trabalho de limpeza nas margens do principal rio da região, que resultou em mais de quatro toneladas de lixo e entulhos de toda espécie no trajeto de 16 quilômetros entre as estâncias Modelo e Amazonas. 

As atividades da 14ª edição do projeto “Preserve o rio Sepotuba” envolveu cerca de 150 pessoas e 22 embarcações. Toda a ação contou com o apoio da Câmara Municipal, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Escola Técnica Estadual.

Fonte: Assessoria Especial

Leitão vai se reunir com ministro para cobrar solução quanto aos roubos de cargas de produtores em MT

O deputado federal Nilson Leitão (PSDB) vai se reunir em breve com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para tratar dos roubos de cargas de algodão que tem atormentado os produtores em Mato Grosso.

Durante reunião na tarde desta quinta-feira (05.07), na Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), essa foi a principal preocupação levantada pela entidade ao pré-candidato a senador.

A classe vem amargando prejuízos nos últimos anos. Somente em 2017, mais de 150 cargas foram roubadas, o que soma um prejuízo superior a 45 milhões de reais. As regiões que mais ocorrem os crimes de cargas saídas de Mato Grosso são Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná.

“O que nós [transportadores] queremos, é que seja feita uma ação mais enérgica por parte do poder público, pois os roubos ocorrem e não temos retorno se há investigação dos casos. Ficamos à mercê e com enormes prejuízos”, declarou Jander Ribas, diretor de empresa de segurança de cargas.

“Na próxima semana quero voltar a Mato Grosso com uma solução, principalmente do Governo Federal. Por isso vou levar ao ministro Jungmann essa pauta, com histórico do aumento de roubos das cargas para que isso seja resolvido o mais rápido possível”, disse Nilson Leitão.

Assessoria