Mostra de Trabalhos da Escola Dom Bosco é considerada um sucesso

A amostra teve início na parte da manhã e se estendeu até as 15:00 horas

Alunos do Centro Municipal de Ensino Dom Bosco apresentaram ao longo de toda a última sexta-feira, 09, atividades desenvolvidas em conjunto com os professores da instituição.

A Mostra de Trabalhos, mais uma vez foi considerada um sucesso, pela qualidade e variedade dentre maquetes, jogos pedagógicos, cartazes, e outros conteúdos apresentados.

De acordo com o diretor do centro de ensino, Sérgio Medeiros, a mostra reflete transparência por parte da escola, sobre as atividades elaboradas.

“O objetivo é apresentar para a comunidade escolar, tanto para alunos, professores, pais, quanto os demais visitantes aquilo que vem sendo desenvolvido em sala de aula. Isso já vem sido trabalhado desde o começo do ano. Os professores se preparam na formação continuada da secretaria de educação, desenvolvem em sala de aula e aí marcamos a mostra para divulgar para a comunidade”, destacou.

O maior aprendizado dos alunos e engajamento, também são pontos positivos das amostras de trabalho, e na escola Dom Bosco, não foi diferente.

“Os alunos aprendem mais porque estão trabalhando naquilo dali, se dedicam, então, a memorização vem com maior qualidade e a recompensa deles é fazer essas apresentações”, pontuou Sérgio, acrescentando ainda que a avaliação da mostra foi positiva.

“Completamente positivo, o resultado bem acima do esperado, bem tranquilo, trabalhos de boa qualidade. Os professores e alunos se dedicaram muito e nas últimas semanas estiveram trabalhando bastante na elaboração dos trabalhos, é sempre positivo”, classificou.

A amostra teve início na parte da manhã e se estendeu até as 15:00 horas. Trabalhos das mais diversas áreas chamaram atenção de quem prestigiou, já deixando expectativa, para as produções do ano que vem.

Fonte: Paulo César Desidério - Redação DS

Mais de 270 estudantes de Tangará participam da Olimpíada de Matemática

Entre os tangaraenses estão os estudantes da Manoel Marinheiro

Mais de 913,5 mil estudantes de todo o país participarão neste sábado, dia 10 de setembro, da segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2016).

Desse total, 4.430 alunos são do Estado de Mato Grosso, divididos em 221 escolas da rede estadual, de 86 municípios, entre eles 272 alunos de Tangará da Serra, de 10 escolas estaduais do município. Entre os estudantes tangaraenses, 11 são da Escola Estadual Vereador Manoel Marinheiro, que participarão da prova, divididos entre Nível 1 (6º e 7º ano do Ensino Fundamental) e Nível 2 (8º e 9º ano do Ensino Fundamental). 

“Tivemos a prova da primeira fase em junho, com a participação de todos os alunos do 6º ao 9º ano (...) e esses 11 foram classificados para a segunda fase”, destacou a professora da Matemática da escola, Daiane Silva Pereira, ao lembrar que 191 alunos participaram da primeira fase da prova e agora 11 farão a prova da segunda fase. Nesta etapa, da Manoel Marinheiro, farão a prova os alunos Olivia Dabnny de Borba Correa, Eduarda Fanti Soares de Souza, Alejandro Kauã Souza Martins, Anderson Moraes Bauer, Isabelly Veronez dos Santos, Tym Lago de Oliveira e Joelma Maria da Luz, todos do Nível 1; e ainda Leonardo Vinicius Ramos de Faria, Aldresson Icaro Santos Jacinto, Melissa Moraes de Miranda e Monylla Gomes Ludwig, do Nível 2.

A prova, que será aplicada a partir das 13h30 (horário de Mato Grosso), terá seis questões dissertativas, e os candidatos deverão expor o raciocínio matemático usado para resolver os problemas. Os testes terão duração de três horas e serão aplicados por fiscais selecionados pela Coordenação Geral da Obmep, em diversos locais. Os alunos da Manoel Marinheiro, por exemplo, farão as provas no Centro de Ensino Fábio Diniz Junqueira. 

Criada em 2005 e realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada, a OBMEP é a maior Olimpíada estudantil do país e tem como metas estimular o estudo da Matemática e revelar talentos. Este ano, teve 17,8 milhões de inscritos. Dos aprovados para a segunda fase, 297.391 são do Nível 1 (6º e 7º anos do Ensino Fundamental), 261.734 do Nível 2 (8º e 9º anos) e 354.421 do Nível 3 (Ensino Médio). 

E como premiação, os 6.500 alunos com melhor desempenho no Brasil receberão medalhas de ouro (500), prata (1.500) e bronze (4.500). Serão também distribuídas até 46.200 menções honrosas a estudantes destacados. Os vencedores serão anunciados em 30 de novembro. As cerimônias de entrega dos prêmios da OBMEP ocorrem no ano seguinte ao da prova, em datas a serem definidas.

Fonte: Fabíola Tormes - Redação DS