Mato Grosso recebe ações do Movimento Energia do Bem

- Iniciativa foi criada pela Energisa para apoiar combate à Covid-19
- Empresa mobilizou parcerias para desenvolver ações articuladas com o poder público e vai investir R$ 5 milhões no país;

As primeiras ações do movimento Energia do Bem, criado pela Energisa para ajudar no combate à pandemia de Covid-19, já estão acontecendo em Mato Grosso. A empresa está viabilizando ações em todo o Estado para apoiar prefeituras e o Governo do Estado no tratamento e prevenção à Doença. A iniciativa está sendo foi articulada em conjunto com as prefeituras e governo estadual.

“A sociedade mato-grossense pode contar com a Energisa. Sempre trabalhamos com a responsabilidade social de atuar no estado onde estamos e não poderíamos faltar nesse momento tão difícil. Estamos analisando ações que podemos fazer para apoiar os poderes públicos no combate ao COVID-19”, disse o diretor-presidente da Energisa Mato Grosso, Riberto José Barbanera.

A primeira iniciativa no estado foi a viabilização ação da rede elétrica externa do Hospital Metropolitano De Várzea Grande para atender a reforma que está sendo feita na unidade. Foram instalados 300 metros de rede e dois transformadores, um com 112,5 kvA e um com 300 kvA.


Corregedoria realiza videoconferência sobre expedição online de mandados de prisão e alvarás de soltura


Para garantir agilidade na prestação de serviços, a Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT) mantém ritmo intenso durante período de teletrabalho e dá continuidade à expansão do projeto piloto para o cumprimento online de mandados de prisão, alvarás de soltura, requisição de presos e comunicações. Para isso, o Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância (Dapi) realiza capacitações, por meio de videoconferência, para servidores das unidades prisionais, atendendo ao Provimento n. 08 de 30 de março de 2020. Essa inovação está no plano de gestão da Corregedoria, que busca constantemente aperfeiçoar os produtos de Primeiro Grau.

Na semana passada foram capacitados servidores das unidades prisionais de Água Boa, Sinop, Rondonópolis (Cadeia Pública feminina e masculina). Nesta semana vão receber o treinamento servidores das Cadeias Públicas feminina e masculina de Cáceres e dos Centros de Detenção Provisória de Juína, Lucas do Rio Verde, Tangará da Serra e Pontes e Lacerda.

A expansão por meio eletrônico (malote digital e email) da comunicação com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT) e Sistema Penitenciário do Estado já está em funcionamento em Cuiabá e Várzea Grande desde dezembro de 2019.

Adiadas as inscrições para o Prêmio Educador Nota 10

Em função do atual contexto do Covid-19 e os impactos em todo o país, o início das inscrições para a 23ª Edição do Prêmio Educador Nota 10 foi adiado. O novo prazo de inscrição, será de 2 a 31 de maio, respeitando o limite de horário das 23h59 (horário de Brasília/DF).

O período de inscrição estava, inicialmente, previsto para abrir nesta quarta-feira (1º), porém na última segunda (30/3), a organização do Prêmio anunciou a prorrogação.

Em nota, publicada no portal do Prêmio no dia 17 de março, a organização informa que projetos desenvolvidos por professores ou gestores, que estavam em curso em 2020 e foram interrompidos devido a paralisação das aulas, em função do Covid-19, poderão ser inscritos no Prêmio. O texto diz ainda que serão consideradas as aprendizagens alcançadas e comprovadas no desenvolvimento do projeto. De acordo com o Regulamento: “Poderão concorrer projetos desenvolvidos no ano letivo de 2019 ou que estejam em curso em 2020 e que tenham documentação de comprovação das aprendizagens alcançadas.”

Sefaz suspende sorteios até que Caixa recomece extrações da Loteria Federal

Documentos emitidos no período de suspensão continuam tendo validade

Os sorteios do Programa Nota MT serão retomados tão logo a Caixa Econômica Federal fixe as datas para as extrações da Loteria Federal. No entanto, as notas fiscais emitidas com CPF nesse período de suspensão não perderão a validade para as futuras premiações.

O mais recente sorteio do programa foi realizado no dia 19 de março passado, o especial de Carnaval, quando foram distribuídos 5 prêmios de 50 mil reais cada. O próximo sorteio mensal estava programado para ocorrer na quinta-feira, dia 09 de abril.

Desde o dia 21 do mês passado a CEF suspendeu algumas de suas loterias pelo prazo de 3 meses, até que, presumivelmente, os efeitos da pandemia do novo coronavírus já estejam amenizados no país. 

Policiais militares recebem máscaras e itens de higiene para proteção durante ocorrências

O Comando Geral da Polícia Militar de Mato Grosso realizou uma série de visitas em três Comandos Regionais da corporação nas cidades de Sinop, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra, neste sábado (04.04). Na ocasião, o comandante da instituição orientou a tropa e fez a entrega de equipamentos de proteção individual (EPI), como máscaras e luvas descartáveis, e produtos de limpeza (água sanitária, detergente e álcool) para os policiais se protegerem da Covid -19.

A comitiva formada pelo o comandante-geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, o subchefe do Estado Maior Geral da PM, coronel Wanckley Rodrigues, e o assessor institucional coronel Everton Moretti conversaram com os policiais destes municípios, ressaltando a importância do policial se proteger contra a contaminação durante o atendimento das ocorrências.

Coronel Assis reforçou o pedido aos militares para que cumpram as recomendações sanitárias à risca, como lavar bem mãos, manter a viatura e equipamentos de trabalho higienizados e, principalmente, fazer uso da máscara e álcool em gel.

MEC autoriza antecipar formatura de alunos da área de saúde

Medida vale para instituições federais de ensino

O Ministério da Saúde autorizou a formatura de alunos dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia, exclusivamente para atuação desses profissionais nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus. A Portaria nº 374/2020 foi publicada hoje (6) no Diário Oficial da União.

A medida vale para instituições federais de ensino e tem caráter excepcional, enquanto durar a situação de emergência de saúde pública. Para antecipar a colação de grau, os alunos precisam ter cumprido 75% da carga horária prevista para o período de internato médico ou estágio supervisionado.

O internato médico é o período de dois anos de estágio curricular obrigatório para os estudantes de medicina. Já o estágio obrigatório supervisionado para os cursos de enfermagem, farmácia e fisioterapia equivalente a 20% da carga horária total do curso.

ARTIGO - Enfrentamento ao Coronavírus

Discutimos, debatemos, acusamos, defendemos, apoiamos, desconfiamos, brigamos, lutamos, lamentamos e por fim nos rendemos. No início um novo vírus surgia, pouco nos assustava, era distante, era lá na China, não precisamos temer, a letalidade é de 0,6% informa o r7, tem os sintomas de um resfriado, é mortal para idosos e pessoas com doenças crônicas, deixemos a histeria de lado, não precisa pânico. O Brasil não pode parar. Um eleito disse: “é apenas um resfriadinho uma gripezinha”. Momentos como esse nos fazem refletir sobre a importância da ciência, da educação e o papel do Estado diante de uma crise. Enfim, falta hospital, falta medicamento, faltam profissionais suficientes para atender as necessidades. No Brasil a mortalidade já chega a 4,0% após quatro meses de surgimento de um vírus de acordo com o ministério da saúde segundo informa o site da revista Exame. 

Como há muito tempo não víamos, um perigo iminente, invisível, imbatível por enquanto sem isolamento, nos sujeita aceitar condições impostas por ele mesmo, vencer no grito? Sem chance. Estamos enfrentando. Angústias e necessidades vieram a tona, toda aquela falta que até então estava encoberta, nos fez exposta, diante de nossos olhos, frente a frente. Neste período de “isolamento social” somente o bom senso assim como o exercício do sumo bem podem nos livrar da paranoia que situações como essa produzem em nosso ser, o que nos cabe é aceitar com muita responsabilidade social, sabendo que vai ser difícil, vai ser triste, porém quando tudo passar seremos mais fortes, o mundo será outro, tudo se fará de uma forma diferente. 

Videochamadas diminuem falta de contato entre adolescentes e familiares

A suspensão de visitas nos CASEs foi prorrogada como medida de prevenção à contaminação do coronavírus (COVID-19)

Diante da prorrogação da suspensão de visitas nos Centros de Atendimento Socioeducativo (CASEs), como medida de prevenção à contaminação do coronavírus (Covid-19), as unidades estão recorrendo a videochamadas para manter o contato entre familiares e adolescentes. A Nota de Orientação n° 04/2020 da Secretaria Adjunta de Justiça (Saju), que suspendeu por mais 15 dias a visitação, foi publicada nesta sexta-feira (03.04).

O CASE de Lucas do Rio Verde já implementou a iniciativa junto aos 11 adolescentes do sexo masculino que, atualmente, cumprem medida socioeducativa. Segundo a gerente regional da unidade, Natielle Taís Santana Alves Kunh, eles ficaram emocionados ao verem os familiares por vídeo. “É uma maneira de aproximá-los da família neste momento em que as visitas estão suspensas, para minimizar o máximo possível os efeitos da falta de contato pessoal”.

Governo tem pedido atendido e recolhimento do ICMS é prorrogado

O pedido junto ao Comitê Gestor do Simples Nacional teve o intuito de auxiliar os pequenos empreendedores a manter suas atividades e os empregos dos funcionários

O Comitê Gestor do Simples Nacional, vinculado à Receita Federal, atendeu nesta sexta-feira (03.04) ao pedido do Governo de Mato Grosso para prorrogação do pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para empresas inseridas no Simples Nacional.

Com a decisão, o recolhimento do ICMS para micro e pequenas empresas fica postergado para 90 dias, ou seja, os pagamentos que venceriam em março, abril e maio ficam prorrogados para julho, agosto e setembro.

Já para os microempreendedores individuais (MEI), o recolhimento do imposto será feito em 180 dias.

Max Russi propõe que emendas impositivas sejam destinadas a ações de combate ao coronavírus

Parlamentar defende investimento na construção de mais unidades de terapia intensiva e atenção maior no atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade

Uma das alternativas de combate ao coronavírus em Mato Grosso, sugeridas pelo deputado Max Russi (PSB) nesta quarta-feira (01) na Assembleia Legislativa, propõe a autorização de remanejamento emergencial de emendas parlamentares durante o período de calamidade pública no estado. O Projeto de Lei 247/2020 de Russi tem por base a projeção dos impactos socioeconômicos e financeiros, decorrentes da pandemia causada pelo Covid-19.

A intenção do novo texto, acrescido à Lei no 10.986, de 05 de novembro de 2019 que aborda as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária de 2020, é garantir o investimento prioritário da saúde neste período de enfrentamento.

O deputado Max Russi reforça que esse é momento em que a união de todos os parlamentares se torna mais do que essencial. “Todos podemos nos esforçar para que mais recursos cheguem a quem precisa.”, complementou.

Em reunião com a Fecomércio-MT, Mauro Mendes anuncia medidas em prol da economia para combater a crise causada pelo coronavírus

A retomada do comércio e a aplicação de medidas que garantam o fôlego financeiro das empresas em Mato Grosso, em meio à pandemia do novo coronavírus (COVID-19), estiveram sendo debatidas entre o presidente da Fecomércio-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, junto com governador, Mauro Mendes e lideranças empresariais, no Palácio Paiaguás, nesta quinta-feira (02).

O presidente ressaltou o compromisso social da entidade, por isso, tem monitorado os casos registrados do vírus, e afirmou que, “as equipes de saúde do Sesc e Senac devem visitar os comerciantes, para instruírem sobre formas de prevenção e de como receber os clientes seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde, assim que for permitido a abertura de todo o comércio”.

Wenceslau também externou a preocupação com a alimentação dos comerciários, e garantiu o retorno dos atendimentos no Restaurante Sesc Comerciário – mediante o sistema “delivery”.

MT recebe 3 mil comprimidos de cloroquina para tratamento de casos graves da COVID-19

O remédio será utilizado em pacientes que estejam hospitalizados com quadro clínico agravado, conforme a recomendação do Ministério da Saúde

O Estado de Mato Grosso recebeu do Ministério da Saúde cerca de 3 mil comprimidos do medicamento cloroquina para serem usados como terapia auxiliar no tratamento de casos graves de coronavírus, mais especificamente em pacientes hospitalizados.

A confirmação da chegada dos remédios foi anunciada pelo secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo. “Apesar de não ter nenhum estudo científico concluído sobre a eficácia do medicamento no enfrentamento ao coronavírus, o Ministério autorizou a utilização do remédio como terapia adjuvante no tratamento de casos graves da doença, em pacientes hospitalizados, devido às experiências promissoras realizadas em outros países”.

Seduc vai ofertar ensino à distância para alunos durante suspensão das aulas

Os alunos receberão materiais complementares por meio de videoaulas que serão disponibilizados no site da Seduc; para quem não tem acesso a internet material será viabilizado pelas assessorias pedagógicas.

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) está preparando material com atividades pedagógicas complementares para trabalhar com os alunos das escolas estaduais durante o período de suspensão das aulas. Essas atividades serão ofertadas por meio de ensino à distância (EAD), com aulas virtuais a partir do dia 13 de abril.

Conforme explica a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, as aulas serão ministradas via Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), disponibilizado no site da Seduc. “Estamos preparando algumas aulas virtuais com atividades complementares nas diversas áreas de conhecimento para serem disponibilizados aos alunos e aos pais”.

Estado aguarda sanção de projeto para distribuição de merenda escolar

A medida, em caráter excepcional, deve amenizar os impactos causados sobre as famílias de estudantes e no comércio de produtos da agricultura familiar

Com os impactos causados pela suspensão do período letivo nas escolas da rede estadual, o Governo do Estado vem buscando alternativas para garantir o atendimento às famílias e manter o fluxo de comercialização dos produtos da Agricultura Familiar.

A expectativa é de que a sanção do Projeto de Lei 786/2020, aprovado na última segunda-feira (30.03), pelo Congresso Nacional, autorize a distribuição de alimentos da merenda escolar aos estudantes ausentes da sala de aula, em virtude das medidas restritivas de combate ao coronavírus.

Estados devem aplicar no mínimo 30% dos recursos destinados pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para a aquisição de itens da agricultura familiar. O montante pode chegar a 100% dos recursos destinados. Com a sanção do PL 786/2020, Mato Grosso passa também a ter autorizada a distribuição de alimentos da merenda escolar às famílias de estudantes da rede pública, mesmo que estejam ausentes da sala de aula. A medida, em caráter excepcional, deve amenizar os impactos causados sobre as famílias de estudantes e no comércio de produtos da agricultura familiar.

ARTIGO - O que a tragédia da Chapecoense pode nos ensinar sobre a pandemia de Covid-19

* Lawrenberg Advincula da Silva.

Quando o avião da Chapecoense caiu, no final de novembro de 2016, a primeira notícia veiculada era de um acidente aéreo que teve 6 pessoas resgatadas, sendo algumas delas gravemente feridas. Sem nenhuma informação dos outros 71 tripulantes. Recordo que estava na rodoviária de Santa Rita do Araguaia, Goiás, quando li essa notícia, que foi publicada no G1 na madrugada daquela terça-feira (29.11.2016). A impressão inicial, pelo menos a minha naquele momento, era de que aquele acidente aéreo tinha sido de leve proporção, já que havia vitimado um pequeno grupo de pessoas. Entretanto, ao transcorrer das horas, quando a equipe de bombeiros/resgate foi tendo acesso ao local, uma serra de difícil acesso na Colômbia, o que era esperança transformou-se em desespero, dor e desolação. 

Ao final da manhã de 29 de novembro, já era possível saber que dos 77 tripulantes do voo 2933 da empresa LaMia (o que além do time de futebol da Chapecoense, incluía jornalistas e civis de diversas nacionalidades), apenas 6 sobreviveram. Um dos maiores desastres aéreos da história. 

Olhando para a pandemia de Covid 19, hoje (03.04.2020) com mais de 1 milhão de infectados e mais de 53 mil mortes em todo o mundo (Fonte: OMS), creio que a experiência traumática da tragédia da Chapecoense possa nos ensinar muito sobre a necessidade de ficar em casa, o senso de responsabilidade coletiva e humanitária. E mais especificamente, imagino que trazer tal memória nos orienta pedagogicamente diante da necessidade de sabermos melhor interpretar o alcance real da pandemia em relação às parciais de números de casos notificados - até o momento divulgado pelas secretarias de saúde. Um exercício de lançar o olhar para além da feitura inicial dos fatos.

Portanto, quem puder, fique em casa. Quem precisar sair (para trabalhar, colaborar na assistência dos grupos de risco), tome o máximo de cuidado! Toda prevenção é necessária. 

* Lawrenberg Advincula da Silva
Professor do Curso de Jornalismo / Unemat 
Membro da Diretoria do Sindicato de Jornalistas de Mato Grosso - Sindjor-MT/ Coordenação Tangará da Serra

Energisa facilita o pagamento de contas atrasadas

- Clientes poderão utilizar canais de atendimento (WhatsApp, site, aplicativo Energisa On e 0800) para fazer negociação

- Confira os canais de pagamento em funcionamento nesse período

- Pagamento por débito automático é mais uma opção para o cliente Energisa

A Energisa Mato Grosso preparou um conjunto de medidas que facilitam o pagamento de contas atrasadas para os clientes. Os consumidores atendidos em baixa tensão, como as residências e pequenos comércios, poderão dividir novamente seus débitos já negociados com entradas facilitadas e mais opções de parcelamento. “Os cortes dos clientes residenciais e essenciais foram temporariamente suspensos devido à pandemia do Covid-19, mas as contas seguem normalmente. Estamos sensíveis a este momento difícil e queremos ajudar os nossos clientes a manterem o equilíbrio financeiro, evitando atrasos e acúmulo de contas a pagar. As medidas serão customizadas de acordo com o perfil de dívida de cada cliente”, afirma Murilo Galvão Marigo, gerente de Serviços Comerciais da Energisa Mato Grosso.


Entrega por delivery garante venda de produtos da agricultura familiar em Sorriso

Com o preço único de R$ 50,00, o cliente compra 15 tipos diferentes de hortifrúti e recebe na cesta mais de 30 quilos de alimentos.

Cestas com produtos da agricultura familiar compostas de legumes, verduras e frutas estão sendo comercializadas por telefone no município de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá), e entregues na casa do cliente. O novo sistema por delivery está auxiliando mais de 200 agricultores familiares a venderem seus produtos durante a pandemia de Covid-19 (Coronavírus). Com o preço único de R$ 50,00, o cliente compra 15 tipos diferentes de hortifrúti e recebe na cesta mais de 30 quilos de alimentos. As cestas estão sendo montadas na Cooperativa de Hortifrutigranjeiros de Sorisso (Cooperriso) em parceria com a Prefeitura Municipal.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Márcio Kunh, fala que o procedimento continuará a ser realizado até que as feiras possam voltar a ocorrer normalmente. “Criamos essa opção como forma de apoiar o desenvolvimento dos pequenos produtores do município. Foi uma maneira de evitar o desperdício da produção, garantir o sustento financeiro dessas famílias e também auxiliar o mercado consumidor, já que a recomendação é evitar aglomerações. Ficamos felizes que todo o trabalho desenvolvido está dando muito certo”, acrescenta.

Ipea estima que 59 milhões são elegíveis para auxílio de R$ 600

Pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) estimam que chega a 59,2 milhões o número de pessoas elegíveis para o auxílio emergencial de R$ 600 aprovado pelo Congresso como resposta à crise do coronavírus. O benefício busca garantir uma renda mínima para famílias pobres que dependem do trabalho informal e seguiu para a sanção presidencial.

Divulgado ontem (1) pelo instituto, o estudo projeta três cenários, alterando a adesão de beneficiários não inscritos no Cadastro Único do Governo Federal. Segundo o Ipea, apenas cerca de 80% dos potenciais beneficiários do auxílio constam no cadastro, e os outros 11 milhões precisarão ser localizados e incluídos no programa.

O projeto de lei aprovado no Senado e na Câmara prevê um auxílio emergencial de R$ 600, por três meses, a trabalhadores informais, autônomos e sem renda fixa em famílias de baixa renda. As mães chefes de família poderão receber duas cotas do auxílio, ou seja, R$ 1.200,00. Para as famílias inscritas no Bolsa Família, o auxílio substituirá o benefício regular do programa nas situações em que for mais vantajoso. O Ipea calcula que 30% dos potenciais beneficiários estão no Bolsa Família.

Boletim Diário do coronavirus em Tangará da Serra

Tangará da Serra pela vida, contra o Coronavírus

O Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra, está publicando diariamente um Boletim Diário atualizado.

A alerta está sendo feita, "se apresentar tosse, febre e dificuldade para respirar, ligue para: (65) 98475-2388 / 98472-2328 / 98459-1926 / 98472-4093.

Segundo o Prefeito Fábio Martins Junqueira, "Chegamos ao 17º boletim da Vigilância Epidemiológica. Hoje, 02 de abril, temos 40 casos notificados, 32 suspeitos, um caso lamentavelmente já confirmado, com 07 descartados e um que segue na enfermaria. O momento é delicado e assim como todos vocês, também fico aflito no aguardo de confirmações (positivas ou negativas) do Lacen MT, comentou o Prefeito.

Fonte: Humberto Ferreira - Redação CTS

Mendes elogia discurso de Bolsonaro, que critica governadores

O polêmico ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o Twitter para defender a volta às aulas neste mês, em todo o País.

Em Mato Grosso, o governador Mauro Mendes (DEM) tomou uma decisão sensata: prorrogou até 31 de abril a suspensão das aulas.

Mauro Mendes elogiou, por assim dizer, a mudança de tom de Bolsonaro, no pronunciamento de terça (31) na TV sobre o coronavírus.

Para ele, o presidente foi “mais ameno”, ao dizer que a crise na Saúde não pode gerar uma crise política.

Inflação medida pelo IPC-S sobe em sete capitais

No Rio, a taxa subiu 0,58 ponto percentual de fevereiro para março

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) teve alta nas sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), na passagem de fevereiro para março. O maior crescimento foi observado no Rio de Janeiro, onde a taxa subiu 0,58 ponto percentual, ao passar de 0,03% para 0,61%.

Também teve alta na taxa de inflação a cidade de São Paulo (0,19 ponto percentual, ao passar de 0,18% para 0,37%). Salvador passou de estabilidade de preços em fevereiro para inflação em março (0,54%).

As outras quatro cidades pesquisadas passaram de deflação (queda de preços) em fevereiro para inflação em março: Brasília (0,31 ponto percentual, ao passar de -0,15% para 0,16%), Belo Horizonte (0,52 ponto percentual, ao passar de -0,11% para 0,41%), Recife (0,46 ponto percentual, ao passar de -0,01% para 0,45%) e Porto Alegre (0,24 ponto percentual, ao passar de -0,22% para 0,02%).

Reeducandas confeccionam máscaras de tecido para unidades penais

Máscaras de tecido estão sendo confeccionadas por reeducandas da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, e da Cadeia Pública de Nortelândia (250 km a Médio Norte da capital). Além da produção própria, será possível fornecer também a outras unidades penais, desde que consigam adquirir o material necessário. O objetivo é viabilizar a proteção ao maior número possível de reeducandos e servidores, evitando a contaminação do coronavírus (Covid-19).

A ideia surgiu na Penitenciária Feminina, onde a diretora, Maria Giselma Silva, que também é costureira, desenvolveu o projeto com quatro reeducandas. Em média, elas confeccionam 200 máscaras por dia. “Uma servidora nossa comentou que havia feito máscaras de tecido em casa para a família, então pensei que poderíamos fazer isso aqui, pois temos ateliê de corte e costura com os equipamentos necessários”, conta.

Desde semana passada, elas já produziram mais de 500 peças que, além do uso interno, contemplou servidores, outras unidades penais e familiares. Foram entregues 160 máscaras para distribuição às unidades penais do interior do estado; 50 para a Cadeia Pública do Capão Grande (Várzea Grande); além do Serviço de Operações Especiais (SOE) do Sistema Penitenciário. A Penitenciária Central do Estado (PCE) também teve interesse, forneceu o tecido e as reeducandas produzem em média 100 máscaras por dia para a unidade.

Comissão de Saúde é instalada oficialmente na AL e parlamentares anunciam enfrentamento à Covid 19

O enfrentamento ao novo vírus no estado de Mato Grosso foi o principal tema debatido durante a reunião. Após ampla discussão, os parlamentares aprovaram o parecer favorável ao Projeto de Decreto Legislativo nº 01/2020

Reunião extraordinária realizada na tarde de segunda-feira (30) oficializou a instalação da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Na ocasião também foram eleitos os novos presidente e vice-presidente, que conduzirão os trabalhos em 2020.

O deputado Dr. Eugênio (PSB) passa a responder pela presidência da comissão, ficando como vice-presidente o deputado Doutor João (MDB); como membros titulares, os deputados Paulo Araújo (PP), Lúdio Cabral (PT) e Dr. Gimenez (PV).

Aprovado repasse de R$ 2 bilhões para santas casas e hospitais filantrópicos

A transferência de R$ 2 bilhões da União para santas casas e hospitais sem fins lucrativos (filantrópicos) foi aprovada pelo Senado por unanimidade, com 77 votos, em sessão virtual nesta terça-feira (31). Os recursos são destinados a uma ação emergencial e coordenada no combate à pandemia do coronavírus. O PL 1006/2020 segue para análise da Câmara dos Deputados. 

Por meio desse auxílio financeiro, hospitais filantrópicos poderão trabalhar de forma articulada com o Ministério da Saúde e os gestores estaduais e municipais do Sistema Único de Saúde (SUS) para oferecer mais serviços, principalmente leitos de terapia intensiva.

“As instituições filantrópicas e sem fins lucrativos respondem por mais de 50% de todos os atendimentos do SUS, assumindo fundamental importância no combate ao coronavírus. Essas instituições formam uma rede assistencial estratégica por estarem geograficamente distribuídas em todos os estados. Sem dúvida, podem auxiliar o Ministério da Saúde na luta contra com essa grave pandemia que se alastra pelo país”, justifica o autor, senador José Serra (PSDB-SP). 

Boletim Diário do coronavírus em Tangará da Serra

Tangará da Serra pela vida, contra o Coronavírus

O Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra, está publicando diariamente um Boletim Diário atualizado.

A alerta está sendo feita, "se apresentar tosse, febre e dificuldade para respirar, ligue para: (65) 98475-2388 / 98472-2328 / 98459-1926 / 98472-4093.

Fonte: Humberto Ferreira - Redação CTS

País tem 201 óbitos por covid-19 e 5.717 casos confirmados

Ministros atualizam dados em coletiva no Palácio do Planalto

O número de mortes em razão do novo coronavírus chegou a 201, nesta terça-feira (31), conforme nova atualização divulgada hoje pelo Ministério da Saúde. O resultado marca um aumento 26% em relação a ontem, quando foram registrados 159.

As mortes ocorreram em São Paulo (136), Rio de Janeiro (23), Ceará (7), Pernambuco (6), Piauí (4), Rio Grande do Sul (4), Paraná (3), Amazonas (3), Distrito Federal (3), Minas Gerais (2), Bahia (2), Santa Catarina (2), Alagoas (1), Maranhão (1), Goiás (1), Rondônia (1) e Rio Grande do Norte (1). 

Já os casos confirmados saíram de 4.579 para 5.717. O resultado de novas 1.138 pessoas infectadas em um dia foi mais que o dobro do maior registrado até agora, de 502 novos casos no dia 27 de março.

Saúde compra mais 10 mil testes para detectar Covid-19

Investimento na compra do exame que detecta o coronavírus foi de aproximadamente R$ 192 mil

O Estado de Mato Grosso adquiriu mais 10 mil testes para detecção da Covid-19 por meio de análise de RT-PCR. Com os novos testes, o Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) vai ampliar a realização do exame molecular que diagnostica ou descarta a infecção pelo novo coronavírus.

A determinação para as aquisições extras foi anunciada pelo governador Mauro Mendes e pelo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. A equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) providenciou a compra, em caráter de urgência, conforme prevê o Decreto Governamental 407/2020.


Mato Grosso recebe mais 104 mil doses da vacina contra Influenza

Entregues pelo Ministério da Saúde, as doses estarão disponíveis nos postos de saúde dos municípios e imunizarão prioritariamente os grupos de risco

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio da Gerência do Programa Estadual de Imunização, informa que recebeu do Ministério da Saúde, na última sexta-feira (27), o terceiro lote de vacinas contra a influenza. São mais 104 mil doses que já foram distribuídas para todos os 141 municípios. 

As doses da vacina estarão nos municípios a partir desta terça-feira (31) e imunizarão prioritariamente o grupo de risco. Nesta primeira etapa, que teve início no dia 23 de março, devem ser vacinados somente idosos a partir de 60 anos e profissionais da saúde. 

Até o momento, o Estado recebeu três remessas que totalizam 249.200 doses, sendo que a meta estadual para toda a campanha é vacinar 979.203 pessoas integrantes dos grupos prioritários. A previsão do Ministério da Saúde é repassar ao Estado um total de 14 remessas, ou seja, lotes da vacina por etapas. 

Empréstimo de R$ 550 milhões para obras de infraestrutura é aprovado na Assembleia

O projeto foi aprovado em primeira votação. O investimento será destinado à construção de quatro mil metros de pontes no Estado.

O Governo do Estado obteve autorização da Assembleia Legislativa, em primeira votação, para contrair empréstimo junto à Caixa Econômica Federal (CEF), no valor de até R$ 550 milhões, para a construção de pontes e para a aquisição de equipamentos rodoviários, materiais e insumos destinados à execução de obras em Mato Grosso.

O Projeto de Lei nº 217/2020, que autoriza a contratação da operação, foi aprovado em primeira votação durante sessão extraordinária nesta segunda-feira (30.03). A segunda votação para aprovação definitiva do empréstimo será realizada ainda nesta semana.

De acordo com o projeto, o empréstimo será realizado na linha de crédito do programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), com juros de até 5,7% ao ano e prazo de amortização de 96 meses, com carência de 24 meses. 

Governo lança edital e abre inscrições para contratação de 751 profissionais de saúde

O edital e informações das vagas e inscrições foram publicados em edição extra do Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (30.03)

O Governo do Estado lançou nesta segunda-feira (30.03) o edital para contratação emergencial de 751 profissionais para atender às unidades de saúde estaduais. O período de inscrição para participar do processo seletivo foi aberto e ficará disponível por 30 dias.

Conforme o edital, os profissionais selecionados irão atender aos Hospitais Regionais de Rondonópolis, Cáceres, Sinop, Sorriso, Alta Floresta e Colíder, assim como o Hospital Estadual Santa Casa e o Hospital Metropolitano de Várzea Grande.

O edital e informações das vagas e inscrições foram publicados em edição extra do Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (30.03). Confira a publicação em anexo ao final do texto.

Governo e Poderes articulam regulação única para casos de Coronavírus

Mauro Mendes afirmou que central única dará mais eficiência ao atendimento

O Governo do Estado e os Poderes constituídos se reuniram nesta segunda-feira (30), a pedido do governador Mauro Mendes, para alinhar ações de combate ao Coronavírus.

No encontro, ficou definido que todos os casos relativos ao Covid-19 no Estado passarão por uma central única de regulação, de modo a otimizar e dar mais eficiência ao atendimento.

Participaram da reunião os presidentes do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha; do Tribunal de Contas, conselheiro Guilherme Maluf; da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho; os deputados Dilmar Dal Bosco e Max Russi; os secretários Gilberto Figueiredo (Saúde), Mauro Carvalho (Casa Civil), Rogério Gallo (Fazenda), Alberto Machado (Gabinete de Governo); o procurador-geral do Estado, Francisco Lopes; e o médico infectologista Dr. Abdon Karhawi.

Estudo mostra sintoma inicial mais comum do contágio pelo coronavírus

Mais da metade das pessoas com Covid-19 tiveram tosse seca e fadiga

Um estudo feito a China com 138 pacientes identificou os principais sintomas da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A febre foi o sintoma inicial observado por médicos e pesquisadores como o mais comum, sendo detectado em 99% dos pacientes.

Mais da metade das pessoas também tiveram tosse seca e fadiga. Já um terço dos pacientes analisados na pesquisa tiveram dificuldade para respirar e dores musculares.

O período médio de incubação da Covid-19 é de cinco dias. Apenas no sétimo dia as pessoas dão entrada em hospitais com suspeita da doença, segundo estudo feito na Universidade de Wuhan, na China. A febre tende a aparecer logo no primeiro dia de manifestação da doença. O tempo de internação médio é de duas semanas e meia para as pessoas que se curam da doença.

Governo envia 14,2 milhões de máscaras cirúrgicas a estados

Epicentro do coronavírus, São Paulo foi quem mais recebeu equipamentos

O Ministério da Saúde divulgou hoje (30) balanço dos equipamentos de proteção individual (EPIs) destinados aos profissionais de saúde enviados aos estados. No total, foram direcionadas 14,2 milhões de máscaras cirúrgicas, recurso fundamental para evitar o contágio de profissionais por pacientes infectados.

Além disso, o Executivo Federal encaminhou 24 milhões de luvas para procedimento não cirúrgico, 742 mil aventais, 290 mil toucas hospitalares, 168 mil frascos de álcool etílico 100 mil sapatilhas e 60 mil óculos de proteção.

São Paulo, epicentro da pandemia no país, recebeu o maior estoque de suprimentos. Ao estado foram enviadas 3,1 milhão de máscara cirúrgicas, 3,5 milhões de luva para procedimentos não cirúrgicos, 164 mil aventais e 63,4 mil toucas hospitalares.

Morre Emio Frare: empresário, pioneiro de Tangará da Serra e pai do vereador Claudinho Frare

Pai do vereador Claudinho Frare faleceu neste domingo

Morreu no final da tarde deste domingo, 29, o empresário tangaraense Emio Agostinho Frare, pai do atual vereador Claudinho Frare. Conselheiro do filho em suas decisões políticas, Emio faleceu aos 69 anos de idade.

De acordo com as informações, Emio passou mal (possivelmente um infarto), foi levado para um hospital, onde passou por exames e foi colocado em uma UTI, porém não resistiu e foi a óbito.

Empresário do ramo de retífica de motores, Emio fundou em 1997 a Retifrare, maior empresa do tipo na região. Casado com Marta Frare, ele era defensor do empresariado e do governo de Jair Bolsonaro. Emio era discreto, mas desempenhava papel de fiel amigo e conselheiro do filho, que vem se destacando no setor político municipal, sendo vereador por dois mandatos.

Bombeiros alertam para riscos de acidente com álcool líquido 70%

Produto deve ser armazenado em local arejado e longe do alcance de crianças. Também é preciso mantê-lo longe de fontes de calor, como fogões e churrasqueiras

Com a liberação da venda de álcool líquido 70% e com o aumento do período em que as pessoas, incluindo crianças, permanecem dentro de casa, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) alerta para os riscos no manuseio do produto. 

O álcool líquido, assim como sua versão em gel, são combustíveis. Mas, o gel é mais seguro, porque queima apenas na superfície, enquanto a versão líquida tem potencial explosivo.

Para evitar o aumento de casos de acidentes domésticos, o Corpo de Bombeiros recomenda alguns cuidados.

Guedes diz que, como cidadão, prefere isolamento

Para ministro, economia não suporta mais de dois meses estagnada

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (29) que é preciso “respeitar as opiniões dos dois lados” ao falar sobre o isolamento social feito pela população, sob recomendação do Ministério da Saúde, para frear a expansão do contágio pelo covid-19. Ele disse entender a recomendação dos médicos embora, como economista, preferisse a volta de todos à normalidade.

“Vamos conversar sobre isso de uma forma construtiva. Eu, como economista, gostaria que pudéssemos manter a produção, voltar o mais rápido possível. Eu, como cidadão, seguindo o conhecimento do pessoal da saúde, ao contrário, quero ficar em casa e fazer o isolamento”, disse, em videoconferência com representantes da Confederação Nacional dos Municípios, no início da tarde.

Guedes acrescentou que, apesar da importância do isolamento para a saúde pública, a economia não suportará mais que dois meses estagnada. “Essa linha de equilíbrio é difícil, mas é uma questão de dois meses para rachar para um lado ou para outro. Ou funciona o isolamento em dois meses ou vai ter que liberar, porque a economia não pode parar senão desmonta o Brasil todo”. Para o ministro, um tempo de isolamento maior que esse pode provocar um “desastre total”, com um cenário de desabastecimento, aumento de juros e da inflação.

Coronavírus: BNDES anuncia R$ 2 bilhões de crédito para área da saúde

Limite de crédito é de R$ 150 milhões por empresa a cada seis meses

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai disponibilizar R$ 2 bilhões para as empresas do setor de saúde como apoio ao combate à propagação do novo coronavírus (covid-19). O programa de financiamento visa à ampliação imediata da oferta de leitos emergenciais e de materiais e equipamentos médicos e hospitalares. Empresas de outros setores que buscam converter suas produções em equipamentos e insumos para saúde também serão contempladas.

O presidente do banco, Gustavo Montezano, em transmissão ao vivo pelo YouTube, disse hoje (29) que o objetivo da instituição nessa linha setorial é ser rápido no repasse de recursos para enfrentar a epidemia. “A gente acredita que as 30 empresas que temos hoje mapeadas que vão utilizar parte dos R$ 2 bilhões serão capazes de suprir a necessidade de 15 mil ventiladores, o que corresponde a 50% da necessidade do SUS para 90 dias.”

Veja as medidas que cada estado está adotando para combater a covid-19

De suspensão de aulas a fechamento de comércio, veja o que é regra

Na semana em que se completa um mês do anúncio do primeiro caso, em território nacional, de covid-19 – doença respiratória causada pelo novo coronavírus –, o Brasil segue em alerta para diminuir a propagação do vírus que, até o momento, já matou 92 pessoas no país.

Com 3.417 casos espalhados por todas as unidades da federação, governos estaduais e municipais têm decretado estado de calamidade pública, na esteira da declaração de uma pandemia de coronavírus, pela Organização Mundial da Saúde (OMS)

Diante da emergência sanitária mundial, as autoridades brasileiras têm estabelecido diversas regras e normas para funcionamento de serviços de saúde e serviços não essenciais.

Na maior cidade do país, São Paulo, foi decretada quarentena oficinal na última terça-feira (24), com o fechamento de todo o comércio, exceto serviços considerados essenciais como supermercados e farmácias. A mesma medida foi estendida aos 645 municípios do estado.

Com famílias em isolamento, saiba como evitar acidentes domésticos

Ambiente físico é determinante em fatores relacionados a acidentes

O distanciamento social, que vem sendo adotado em muitas cidades do Brasil para tentar frear o avanço dos casos de covid-19 no país, mantém famílias inteiras em casa o tempo todo. Com isso, aumentam as chances de acidentes domésticos ocorrerem, principalmente com crianças e idosos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), dentre os fatores relacionados a acidentes domésticos está o ambiente físico.

Assim, casas pequenas com cozinhas e quartos apertadas são um fator que pode aumentar o risco de acidente. Mais ainda são as casas mal conservadas, com fiação, tubulação ou gás em mau estado, que representam o maior perigo. Segundo a entidade, os locais de acidentes mais frequentes são, nesta ordem: cozinha, banheiro, corredor, escada, quarto e sala.

A cozinha é perigosa porque é lá que queimaduras, cortes e intoxicações podem acontecer. A SBP recomenda que o botijão de gás fique do lado de fora da casa, que tomadas elétricas sejam protegidas e os fios presos, materiais de limpeza devem estar fora do alcance das crianças, assim como objetos cortantes, tais como facas, garfos, pratos e copos de vidro, saca rolhas e espetos. Esses utensílios devem ser guardados em gavetas ou armários com travas.

Morre idoso com suspeita de coronavirus em Nova Olímpia

Ele morreu na noite deste sábado, 28, antes mesmo de ser transferido para UTI em Lucas do Rio Verde

Francisco Gonzaga, de 64 anos, popularmente conhecido por Nenê, morador do município de Nova Olímpia, morreu na noite deste sábado, 28 de março, horas depois de ser atendido no hospital da cidade com sintomas do novo coronavírus. Ele é o segundo caso notificado suspeito no município.

De acordo com a Coordenadoria da Vigilância Epidemiológica de Nova Olímpia, o idoso chegou pela manhã na unidade de saúde do município, com sintomas característicos do Covid-19, ocasião em que foram realizados todos o exames necessários, mais seu quadro foi agravando durante o dia. 

“Depois de uma tomografia realizada, entramos em uma fila de espera implorando para todas cidades um leito de UTI para ele. Enfim conseguimos em Lucas do Rio Verde. Mais o quadro do paciente só vinha a piorar, não havia melhora. Foi solicitado a UTI móvel para ser removido. Porém antes mesmo de chegar a UTI móvel, o senhor veio a falecer em nossa unidade de saúde”, confirmou a coordenadora do setor, Mônica, ao afirmar que todos os cuidados e protocolos foram seguidos pelo médico, enfermeiros e técnicos.

Boletim diário do coronavirus em Tangará da Serra

Tangará da Serra pela vida, contra o Coronavírus

O Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra, está publicando diariamente um Boletim Diário atualizado.

A alerta está sendo feita, "se apresentar tosse, febre e dificuldade para respirar, ligue para: (65) 98475-2388 / 98472-2328 / 98459-1926 / 98472-4093.

Governador anuncia mais 147 leitos para pacientes de Covid-19

Espaço está sendo montado em área isolada dos demais atendimentos

O governador Mauro Mendes anunciou, na manhã deste sábado (28), mais 147 leitos exclusivos para o tratamento de possíveis casos graves de pacientes com o coronavírus.

Os leitos estão sendo preparados no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá. Serão 30 leitos de UTI e 117 leitos de enfermaria.

“Uma parte desse hospital está sendo totalmente isolada e preparada para também se transformar em uma área de referência para atender ao covid-19. Essa área não terá nenhuma conexão com as áreas que continuarão a atender os outros tipos de enfermidades, de doenças, que nós teremos aqui no Hospital Estadual Santa Casa”, afirmou.

Boletim diário do coronavirus em Tangará da Serra

Tangará da Serra pela vida, contra o Coronavírus

O Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra, está publicando diariamente um Boletim Diário atualizado.

A alerta está sendo feita, "se apresentar tosse, febre e dificuldade para respirar, ligue para: (65) 98475-2388 / 98472-2328 / 98459-1926 / 98472-4093.

Segundo o Prefeito Fábio Martins Junqueira, "importante notícia que compartilho com todos vocês. Neste sábado, 28, a Vigilância Epidemiológica de Tangará da Serra informa em seu boletim diário que chegamos a 30 casos notificados, 24 suspeitos e 06 casos que já foram descartados através dos exames feitos pelo LACEN MT. De todos apenas UM paciente está internado em enfermaria com suspeita em investigação. Seu quadro clínico é estável", comentou o Prefeito.

Conheça detalhes do auxílio a pequenas e médias empresas

Medida beneficiará 1,4 milhão de empresas e 12,2 milhões de pessoas

O governo anunciou hoje (27) uma linha de crédito emergencial para ajudar pequenas e médias empresas a quitar a folha de pagamentos. O setor está entre os mais afetados pela crise gerada pela pandemia de covid-19. A estimativa é de liberação de R$ 40 bilhões.

O anúncio foi feito em entrevista coletiva, no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o presidente, além da preocupação com a disseminação do coronavírus e os efeitos da doença, é preciso garantir empregos para a população. “Devemos diminuir a altura dessas duas ondas [da infecção e do desemprego]”, disse.

A medida deve beneficiar 1,4 milhão de empresas, atingindo 12,2 milhões de trabalhadores. O crédito será destinado a empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil a R$ 10 milhões e vai financiar dois meses da folha de pagamento, com volume de R$ 20 bilhões por mês.

Cooperativa Sicredi comemora 31 anos de existência com a ativação de nova agência em Tangará da Serra

Dia 31 de março é uma data muito especial para a cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA, pois marca o aniversário de criação da Instituição Financeira Cooperativa, há exatos 31 anos. 

E para melhor comemorar esta data, a comunidade de Tangará da Serra receberá um grande presente, com a ativação da terceira agência Sicredi no bairro Cidade Alta. 

A nova agência dispõe de um amplo espaço físico, com mais de 600m². A estrutura oferece salas de reuniões e um espaço café que poderão ser usados pelos associados para promoverem encontros de negócios – coworking.

Atendendo as recomendações das autoridades políticas e também da Organização Mundial de Saúde (OMS), devido a pandemia causada pelo vírus coronavirus (convid-19), a agência manterá sem o atendimento presencial ao público, porém com todo o apoio aos associados via canais de relacionamento e WhatsApp Enterprise pelo número (51) 3358-4770. 

Em um momento mais oportuno a Cooperativa fará uma apresentação de todo o espaço físico da agência Cidade Alta, para a comunidade. 

Os associados Sicredi também poderão desfrutar do atendimento de caixas eletrônicos nos horários de 06h às 22h, de segunda a domingo.

Resolução emergencial limita público interno na ALMT

Medida resguarda a integridade física dos servidores em meio à crise do coronavírus. Quem tiver férias vencidas ou licenças em aberto, passarão a usufruí-las, compulsoriamente, a partir de primeiro de abril

Por determinação da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, e considerando o momento de crise com a pandemia pelo Covid-19, o Parlamento de Mato Grosso publicou uma resolução administrativa que estabelece procedimentos e regras para prevenção e propagação do coronavírus na esfera da Casa de Leis. A medida não abrange os servidores cedidos a outros órgãos.

Pela norma, o servidor (efetivo, estabilizado, interino ou comissionado) que tiver férias vencidas ou licença-prêmio por assiduidade para usufruto, deverá regularizar seu gozo imediato junto à Secretaria de Gestão de Pessoas (Segesp) da ALMT. O mesmo vale para aqueles que, por motivo diverso, tenha saldo em haver para seu justo afastamento das atividades diárias na ALMT. A Segesp publicará nos próximos dias uma lista com os nomes dos que devem manter-se ausentes do espaço legislativo, a fim de resguardar sua integridade física e a dos demais.

Campanha distribui 200 marmitas por dia em Cuiabá e Várzea Grande

A Iniciativa, liderada pela primeira-dama Virginia Mendes, juntamente com a Setasc, é dedicada às pessoas em situação de rua e de vulnerabilidade econômica e social

Enquanto a maioria das pessoas se fecha em suas casas, aqueles que não têm onde ficar dependem ainda mais de ajuda do próximo para sobreviver. A campanha Vem Ser Mais Solidário - MT unido contra o coronavírus, idealizada pela primeira-dama Virginia Mendes, juntamente com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania de Mato Grosso (Setasc), realiza ações para atender pessoas em situação de vulnerabilidade. Coordenado pela Setasc, cerca de 200 marmitas por dia, do restaurante Prato Popular, estão sendo distribuídas aos moradores em situação de rua e para pessoas de baixa renda.

Adriana tem onde morar, mas divide a residência com outras oito pessoas, sendo cinco crianças. Desempregada, há 2 anos vive de doações. “A gente procura escolas, igrejas e a praça onde aparecem pessoas que podem nos ajudar. Em casa não tem mais comida”, relatou, enquanto organizava a bolsa com as marmitas recebidas.

Governo de Mato Grosso isenta ICMS de produtos usados no combate ao coronavírus

A isenção alcança os insumos utilizados na fabricação de produtos destinados à prevenção do COVID-19, desde que sejam doados

O Governo de Mato Grosso isentou a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre produtos destinados ao combate da propagação do novo coronavírus (COVID-19), desde que eles sejam doados a uma entidade governamental ou assistencial. A isenção alcança operações de importação, interestadual e interna, incluindo a aquisição de insumos usados na fabricação desses produtos, bem como as prestações de serviços de transporte.

A medida consta no Decreto nº 427, publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (27.03), que alterou o Regulamento do ICMS. A isenção nas saídas internas foi determinada por meio do Decreto nº 418 (DOE de 20.03). Além disso, na legislação já estava prevista a isenção do imposto nas saídas de mercadorias a serem doadas para atendimento da população em casos de catástrofes e calamidades.