Semec promove circuito de palestras para servidores e pais de alunos

O Secretário de Educação, Adriano Alves Fernandes, convida profissionais e comunidade escolar para o evento que ocorrerá durante todo o dia no CTG

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) de Tangará da Serra promoverá nesta segunda-feira, 20, a parrtir das 7h o Circuito de Palestras ministrado pelo escritor Jairo de Paula. O evento é voltado para todos os profissionais da educação e contará com uma novidade: um horário específico para pais e responsáveis por alunos.

O Secretário de Educação, Adriano Alves Fernandes, convida profissionais e comunidade escolar para o evento que ocorrerá durante todo o dia no Centro de Tradições Gaúchas Aliança da Serra. “Na segunda-feira vamos realizar o Circuito de Palestras com o Jairo de Paula na sede do CTG. Os profissionais da educação vão participar e temos a expectativa de que a comunidade também prestigie”, salientou.

Jairo de Paula que é professor, escritor e faz conferência nacional e internacional é Mestrado em educação, pós graduado em marketing empresarial e graduado em economia, ministrará das 7h às 11h o circuito para todos os servidores da Semec com o tema “Uma marca chamada Você”.Das 13h às 15h as palestras são voltadas para professores, auxiliares de desenvolvimento infantil (ADI) e assistentes de sala com o tema “Contornando situações de conflito em sala de aula”. Das 15h às 17h o evento se volta para a equipe gestora, secretários escolares e equipe da Semec com o tema “Gestão de pessoas e coaching”. Já a noite, das 19h às 21h a palestra é voltada para pais e alunos com o tema “O sucesso de seu filho está relacionado à sua felicidade”.

Fonte: Assessoria e Redação RP

Mato Grosso tem quase 500 candidatos na disputa eleitoral

Os candidatos a um dos cargos eletivos desse ano tinham até esta quarta-feira, dia 15 de agosto, para registrarem suas candidaturas junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). No Estado de Mato Grosso, quase 500 pessoas efetivaram o procedimento, sendo que cinco candidatos se registram para concorrer ao cargo de governador, 11 ao Senado, 135 à Câmara Federal e 341 para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, totalizando 492 candidatos.

De acordo com o site do TRE-MT, os nomes estão divididos em 33 partidos no Estado.

Ao Palácio Paiaguás, o TRE recebeu os registros do policial rodoviário federal Arthur Nogueira (Rede), Mauro Mendes (DEM), Moisés Franz (Psol), Pedro Taques (PSDB)- que concorre à reeleição, do senador Wellington Fagundes (PR) e do servidor público Moisés Franz (Psol).

Ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), Selma Arruda (PSL), Jayme Campos (DEM), Carlos Fávaro (PSD), Adilton Sachetti (PRB), Maria Lúcia (PCdoB), Procurador Mauro (Psol), Gilberto Lopes (Psol), Waldir Caldas (Novo), Aladir Leite (PPL) e Sebastião Carlos (Rede) registraram a candidatura e concorrem a duas vagas.

Na disputa para deputado federal, os 135 candidatos vão disputar oito vagas. Já na corrida a Assembleia Legislativa, os 341 candidatos vão em busca de uma das 24.

Em todo o país, mais de 23 mil candidatos a presidente, governador, senador e deputado federal, estadual e distrital vão disputar os votos de 147,3 milhões de eleitores brasileiros, segundo dados disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para governador, segundo a última atualização do Sistema de Divulgação de Candidaturas e de Prestação de Contas, 171 candidatos pediram registro.

Quase a metade dos candidatos têm ensino superior e 55% são casados. A maioria tem entre 35 e 59 anos de idade, mas há 50 candidatos na faixa de 80 a 84 anos.

Fonte: Rodrigo Soares - Redação DS

Aeroporto de Tangará da Serra pode ser privatizado

A proposta do Governo do Estado de Mato Grosso e aceita pelo Ministérios dos Transportes, Portos e Aviação Civil em repassar à iniciativa privada a administração dos aeroportos de algumas cidades de Mato Grosso, por período determinado de 30 anos, pode atingir também o aeroporto de Tangará da Serra. 

A informação foi veiculada por um veículo de comunicação da capital do Estado nesta quarta-feira, 15, e a intenção confirmada pelo prefeito, Fábio Martins Junqueira (MDB). “A partir do momento que a Azul [Linhas Aéreas] manifestou interesse por Tangará, significa que ele [aeroporto] terá movimento para uma concessão. Então, ou o Estado assume ou ele terceiriza”, informou Junqueira, ao explicar que a operação de um aeroporto regional é responsabilidade da Secretaria de Aviação Civil, que , por sua vez, pode conceder para o Estado e o Estado pode privatizar ou conceder aos municípios. “Só que os municípios não tem interesse em operar um aeroporto regional, porque o custo dessa operação é muito elevado”. 

Porém, mesmo havendo um interesse do Estado para privatização, o prefeito afirma que não há previsão para que esse segundo bloco – que possivelmente esteja Tangará – seja leiloado. Enquanto isso não ocorre, pequenas obras estão sendo realizadas pelo Executivo Municipal, como a ampliação da área, melhorias de acesso ao local, entre outros. “O nosso objetivo é dotar o aeroporto da condição para ter aviação regional (…) E uma das primeiras coisas que estamos fazendo é a avenida para chegar no aeroporto. O próximo passo é a desapropriação de mais áreas e a cerca”.

MAIS - Na matéria veiculada, o RD News destaca que para arrematar quatro aeroportos no Estado, empresa vencedora terá que investir até R$ 763 milhões. “No caso de Mato Grosso, que inicialmente tinha cinco aeroportos que seriam leiloados em um único bloco, a outorga inicial era de R$10,4 milhões e agora passou para R$ 2,3 milhões”, destaca o site, ao explicar que deste primeiro bloco foi retirado o aeroporto de Barra do Garças, por uma medida da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra), após recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). Continuarão a participar do processo licitatório os aeroportos de Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta.

O aeroporto retirado deste primeiro bloco, de acordo com o secretário Marcelo Duarte (Sinfra), deve ser incluído em um segundo pacote que será estudado e que inclui os aeroportos de Tangará da Serra, Sorriso, Cáceres, Juara, Juína e alguma unidade do Baixo Araguaia. 

Fonte: Fabiola Tormes - Redação DS

A Magia do Ipê

Ipê roxo, rosa, branco, amarelo e verde
Ipê de todas as côres, de todos os amores
Ipê que seca lágrimas, escancara o riso e ameniza as dores.
Ipê que traz a sorte e encanta o povo brasileiro
De Leste a Oeste, de Sul a Norte.
Ipê, pela manhã o seu perfume invade a cidade,
Rouba a cena do cotidiano e vira celebridade.
Ao meio-dia, o brilho de sua vasta cabeleira
Incide sobre os olhos, e num toque de mágica, vira magia.
No fim da tarde, o seu charme causa alarde
E serve de ninhos aos passarinhos
Que aos poucos vão pousando de mansinhos.
A noite, sob a luz azulada da lua nua
O Ipê florido inspira os poetas, o músico, o cantor e os apaixonados
De madrugada, quando o frio açoita,
O Ipê dorme em silencio, e sonha sonhos coloridos.
Na certeza que um novo dia vai nascer
E ele a esperança de um mundo melhor.
Ipê que ornamenta a mata e a floresta
Que em enfeita o campo e a cidade, que enrique o cerrado
E cria um traçado entre a natureza e o belo
Ipê roxo, rosa, branco, amarelo e verde
A natureza pede passagem e segue viagem
Não diz pra onde vai nem porque, ninguém precisa ouvir e nem saber
Basta apenas e tão somente visualizar a majestade do Ipê
Que com beleza inconfundível, e a mais imponente da terra
E tornar-se mais linda e charmosa em Tangará da Serra
Eu, ele e você, todos nós vivendo sob a magia do Ipê

Autoria - Moisés Bispo dos Santos
Poeta, escritor, radialista, compositor
Nascido em Maringá – Paraná