Rogério Silva registra avanços nas negociações para pavimentação do Jardim Acapulco

Rogério Silva (Pros) mencionou reunião realizada na última sexta-feira, dia 07, entre representantes do Poder Executivo, moradores e representantes da loteadora responsável pelo Jardim Acapulco. Ele contou que a empresa aceitou realizar a pavimentação ainda este ano. O encontro, que contou com a presença dos vereadores Zedeca (PMDB) e Niltinho do Lanche (Pros), foi motivado por uma manifestação dos moradores na última semana.

“Os moradores reclamam e com razão, porque vários bairros estão recebendo asfalto e eles não. E o Município está impedido de executar a obra, até porque existe Ação Civil Pública que suspendeu a permuta que o Município fez com a loteadora, então a solução encontrada na reunião foi a mais adequada”, afirmou Rogério Silva.

O vereador lembra que enquanto a permuta é questionada no Judiciário, o Município fica de mãos atadas. A solução, explica Silva, veio ao final da reunião quando chegou-se ao acordo e a empresa afirmou que irá executar mais de 13 mil metros de pavimentação de ruas no bairro, resolvendo de vez o problema.

“O resultado foi muito positivo e a situação caminha para uma solução. Vários colegas vereadores, assim como eu também, sofreram cobranças da população, então estamos felizes porque o problema vivido pelos moradores será resolvido. Claro, a ação civil pública sobre a permuta continua tramitando e ao final, se o Município tiver que devolver recursos, fará. E se a loteadora tiver que restituir o Município em alguma coisa, fará também”, explica o vereador Rogério Silva.

Marcos Figueiró 
Assessoria de Imprensa

Professor Vagner propõe internet grátis nas praças públicas do Município

Professor Vagner (PSDB) defendeu na Câmara esta semana que a Prefeitura implante mecanismos de acesso à internet wifi livre e gratuita nas praças públicas de Tangará da Serra. O vereador defende que o serviço atenda as praças dos bairros e distritos e ainda a Praça da Bíblia e a Praça dos Pioneiros.

“Esses espaços públicos são lugares de convivência entre as pessoas, e a disponibilização da internet de boa qualidade e de forma gratuita marcará o inicio de um novo ciclo de relacionamento entre os munícipes tangaraenses”, afirma o vereador Professor Vagner.

O vereador argumenta que o surgimento de tecnologia de informação e comunicação, em especial a internet, promoveu diversos efeitos e alterações nas relações sociais mais básicas entre as pessoas. Segundo ele, a necessidade de pleno acesso e uso da internet tornou-se uma necessidade básica e de fundamental importância na vida do ser humano.

“Em razão disso a internet acabou se tornando um instrumento fundamental para as pessoas por meio da qual os indivíduos podem exercer seus direitos de liberdade de expressão e opinião, utilizar serviços, buscar conhecimento, inclusive estudos a distância”, defende o vereador ao explicar que, caso sua proposta seja viabilizada pelo Governo do Município, qualquer cidadão precisará apenas ter um aparelho compatível com a tecnologia wireless/wifi (acesso a internet por rede sem fio), como por exemplo: celulares, tablets ou notebooks.

Marcos Figueiró 
Assessoria de Imprensa