OAB tem programação Especial no Mês da Mulher

Durante todo esse mês de março, a 10ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Tangará da Serra está promovendo um conjunto de palestras e atividades em homenagem ao Mês da Mulher, com temas importantes e debates multidisciplinares. Uma dessas atividades aconteceu durante esta terça-feira, dia 06, oportunidade em que a Comissão do Direito da Mulher realizou na Escola Fausto Masson uma palestra que teve como tema ‘Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher’.

De acordo com o presidente da OAB de Tangará da Serra, Kleiton Carvalho, mais de 200 estudantes do sexto, sétimo e oitavo ano do Ensino Fundamental participaram da discussão, além de pais e comunidade escolar em geral que ficaram por dentro do tema em um encontro realizado a noite.

“A OAB através da Comissão do Direito da Mulher está propagando conhecimentos, que a gente coloca como uma questão preventiva, levando até o cidadão e ao adolescente estudante questões de direito voltadas para a violência familiar e doméstica. O projeto ‘Mês Março Mulher’ começou muito bem”, avaliou o presidente, destacando que outros tradicionais e importantes eventos voltados à mulher serão realizados nesse mês.

“Teremos mais palestras, homenagens às advogadas, o tradicional Jantar das Advogadas, e outros eventos voltadas para as mulheres”, confirmou Carvalho.

A presidente da Comissão do Direito da Mulher, Tácia de Azevedo Borges Torres, destacou a importância de debater esses temas com as crianças e adolescentes, como forma de prevenir todo o tipo de violência contra mulher. “Muitos alunos participaram, então foi um evento muito bacana. Realizamos dinâmicas para conscientizar as crianças sobre violência física e social. A OAB está disposta a ajudar no combate de qualquer tipo de violência”, enfatizou a advogada.

RODRIGO SOARES / Redação DS

Clínica comemorará Dia da Mulher e do Rim na quinta

O Centro Nefrológico- Clínica de Hemodiálise de Tangará da Serra realiza na próxima quinta-feira, dia 08 de março um café da manhã para pacientes e familiares, bem como, para a imprensa local. São dois os motivos. Um comemorar o Dia Internacional da Mulher e o outro lembrar o Dia Mundial do Rim, comemorado anualmente toda segunda quinta-feira de março e que alerta para a saúde renal da mulher.

Segundo o médico Nefrologista, João José de Matos, além do café da manhã, servidores estarão em seguida na Praça da Bíblia onde realizarão a aferição de pressão, o teste de Diabetes e na oportunidade servirão água aos presentes para lembrar que uma das principais causas de problemas dos rins é a falta de água. “Essa é uma comemoração estratégica onde comemoramos o dia da mulher e lembraremos do dia mundial do rim. Temos que orientar as pessoas a terem cuidado com a dieta, com a obesidade e principalmente a tomarem muito líquido, pois a falta dele, principalmente nas mulheres é a grande causa da infecção urinária”, orienta.

Segundo doutor João, a comemoração será no dia da mulher, mas o maior número de pessoas em tratamento no Centro Nefrológico é de homens.

Ainda de acordo com o nefrologista, os casos de problemas de rins tem aumentado consideravelmente. Certeza disso, é que há nove anos atrás, quando iniciou os atendimentos no Município, tinha 30 pacientes. Hoje, esse número é de 180. O que conforme o médico reflete no avanço da medicina para detecção das doenças que sempre existiram “Há muitos anos atrás você fazia o diagnóstico de 70 habitantes por 1 milhão de pessoas. Hoje esse número é de 250 mil pessoas, porque temos mais acesso à saúde. Atualmente, 80% dos pacientes que fazem hemodiálise ou tem alteração são diabéticos ou hipertensos, por isso esse quadro tem que mudar. Para isso uma dieta com muito líquido e pouco sal é essencial”, destaca.

Rosi Oliveira  / Redação DS