Município pleiteia mais de R$ 11 milhões junto ao MEC

A prefeitura de Tangará da Serra está pleiteando um total de R$ 11.189.619,04 em recursos junto ao Ministério da Educação e Cultura (MEC). As solicitações através de projetos foram feitas pelo prefeito Fábio Martins Junqueira que informou que o Município concluiu projetos para Educação junto ao MEC e FNDE, através de cadastramento no Sistema Integrado de Monitoramento (SIMEC) e Plano de Ações Articuladas (PAR).

De acordo com Junqueira estão em análise no MEC projetos de ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil ‘Atacílio de Souza’, construção de escola de ensino fundamental no bairro Morada do Sol, construção de prédios novos nas escolas municipais indígenas ‘Felicidade’, ‘Iliocê’, ‘Juba’, ‘Ney Braga’, ‘São José’, ‘Sacre I’ e ampliação da Escola Municipal de Educação Infantil ‘Jesu Pimenta’.

Segundo o prefeito entre as sub-ações inseridas no PAR, além das construções e ampliações citadas, constam ainda aquisição de material didático, formação de professores, aquisição de ônibus escolares, brinquedos didáticos, mobiliários e equipamentos escolares.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Governo Federal libera R$ 330 mi para aplicar em 13 aeroportos de MT

O governo  federal assinou ontem a liberação de investimentos para aeroportos de 13 cidades mato-grossenses. No total , serão aplicados R$ 330 milhões com objetivo de facilitar o acesso aos municípios do interior e o intercâmbio com a capital. Em alguns casos a distância supera mil quilômetros.

Inicialmente os primeiros municípios beneficiados serão Tangará da Serra, Pontes e Lacerda e Matupá.. Na segunda fase, os aeroportos que receberão recursos são das cidades de Juína, Juara, Nova Xavantina, Cáceres, São Félix do Araguaia, Vila Rica, Rondonópolis, Diamantino, Alta Floresta e Barra do Garças.

Na lista dos maiores beneficiados estão Rondonópolis e Barra do Garças. De acordo como Secretário de Transporte e Pavimentação Urbana, Cinézio Nunes, a idéia é aplicar R$ 21 milhões e deixar o aeroporto de Rondonópolis no mesmo nível da capital, o aeroporto Marechal Rondon.

O governador Silval Barbosa ainda pediu investimentos em mais 12 aeroportos do Estado, mas ainda não obteve resposta.

Fonte: Redação Folha do Estado e Assessoria.