Sicredi Sudoeste promove encontro com a imprensa de Tangará da Serra

Na manhã do dia 28 de fevereiro, a Cooperativa Sicredi Sudoeste MT/PA promoveu um Encontro com a imprensa Tangaraense.

Na ocasião, o presidente Geraldo Wrobel apresentou a nova fase do Sicredi com o processo de expansão no Mato Grosso e Pará, além dos programas sociais e de Educação Financeira desenvolvidos pela Cooperativa.

Toda a diretoria e os gerentes das agencias Sicredi da cidade se fizeram presentes, dando os boas-vindas aos profissionais da comunicação.

Na oportunidade, o gerente Ibomar Santos convidou os participantes para a grande inauguração da nova agência Cidade Alta, que acontecerá no próximo dia 31 de março, e ainda apresentou em primeira mão os diferenciais da agência, que contará com um espaço mais moderno e acolhedor para melhor receber os associados.

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.800 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros (www.sicredi.com.br).

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Fonte: Mábia Cristine
Assessora de Comunicação e Marketing
Comunicação e Marketing

Municípios recebem terceira parcela do FPM nesta sexta-feira

Os municípios mato-grossenses vão receber R$ 52 milhões do Fundo de Participação dos Municípios – FPM nesta sexta-feira (28). O valor é referente à terceira parcela de fevereiro do Fundo, que é repassado a cada decêndio às prefeituras de todo o país. Os três repasses deste mês somaram R$ 234.608.357,00, 21% superior a fevereiro do ano passado, quando o FPM totalizou R$ 194.234.136,00. O Fundo é composto pelo Imposto de Renda- IR e pelo Imposto sobre Produtos Industrializados -IPI, e é repassado diretamente da Secretaria do Tesouro Nacional.

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, Neurilan Fraga, ressaltou que, independente do aumento expressivo no repasse, é preciso cautela e planejamento por parte dos gestores. “O FPM é fundamental para as prefeituras e constitui uma fatia significativa da receita dos municípios, principalmente dos menores. Como os valores do Fundo não são uniformes, é preciso que os prefeitos planejem os investimentos para que as oscilações nas transferências não comprometam as contas municipais”, assinalou. 

Em âmbito nacional, os municípios brasileiros vão receber quase R$ 2,3 bilhões de FPM nesta sexta. No montante a ser creditado nas contas das prefeituras já está descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).