Professores da rede pública podem manifestar interesse em cursos de licenciatura

Os professores que atuam nas redes públicas de ensino em uma área diferente da sua formação, ou que ainda não possuem curso superior, podem se cadastrar na Plataforma Capes de Educação Básica até o dia 31 de janeiro a fim manifestar interesse em se especializar por meio de um curso de graduação.

O acesso a plataforma é https://eb.capes.gov.br/portal/

É importante que os professores que estão atuando na Educação Básica preencham o cadastro e manifestem o interesse em algum curso de licenciatura. Pois será com base nesse levantamento que o governo federal, poderá vir a oferecer novos cursos de graduação com vistas a formação de professores para a educação básica. Os professores que não efetuarem o cadastro até o dia 31 de janeiro, não poderão concorrer às vagas nos cursos que, por ventura, vierem a ser oferecidos.

A intenção da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) neste momento é mapear, em todo o Brasil, os docentes que precisam adequar sua formação ao que foi exigido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e identificar aqueles que têm interesse em se especializar. As informações obtidas a partir dos cadastros vão nortear o planejamento dos programas de formação inicial de professores da Educação Básica a serem implementados em 2020.

Sesp deflagra operação no Norte do Estado e prende três pessoas

Mandados de busca e apreensão e três prisões, sendo duas por homicídio, foram cumpridos em dois dias da “Operação Salutem”, deflagrada nesta quinta-feira (10.01), na Região Integrada de Segurança Pública (Risp), de Sinop (a 505 km ao Norte de Cuiabá) contemplando também as cidades de Tapurah, Itanhangá, Feliz Natal, Sorriso, Nova Ubiratã, União do Sul, Santa Carmem, Cláudia, Ipiranga do Norte e Vera.

O trabalho integrado das equipes visa o cumprimento de mandados judiciais, bloqueio policial com abordagens a pessoas e veículos, saturação em áreas críticas conforme mapeamento criminal, Lei Seca, vistoria em estabelecimentos comerciais e barreira policial em áreas rurais.

A primeira prisão aconteceu após o suspeito foi abordado por atitude suspeita e, durante checagem via sistema nacional, foi constatado o mandado de prisão. O segundo e terceiro suspeitos foram presos por acusação de crimes de homicídios.

Etanol vendido em Mato Grosso é o 2º mais barato do país

Site UOL repercutiu estudo de empresa especializada que mostrou onde vale a pena abastecer

O site nacional UOL Carros divulgou, nesta sexta-feira (10.01), um estudo mostrando que Mato Grosso é o 2º estado com o menor preço médio de venda do etanol do Brasil.

O estudo foi promovido pela Ticket Log, empresa que possui especialidade em administração de frotas e soluções de mobilidade, com base nos preços praticados entre 30 de dezembro de 2019 a 3 de janeiro deste ano.

De acordo com o levantamento, Mato Grosso só fica atrás de São Paulo no ranking dos estados onde é mais vantajoso ao cidadão abastecer com etanol em relação à gasolina. Apenas nove estados foram considerados vantajosos.

Em Mato Grosso, o preço médio do litro do etanol é de R$ 3,072 e o custo médio por km rodado é de R$ 0,361.

Prefeituras recebem primeiro repasse do FPM de 2020 nesta sexta-feira

As prefeituras de Mato Grosso vão receber nesta sexta-feira (10) o equivalente a R$ 51,08 milhões referentes ao Fundo de Participação dos Municípios-FPM. O valor é 10,01% menor que o transferido no mesmo período do ano passado, quando os municípios receberam R$ 56,7 milhões no primeiro decêndio. A base de cálculo é dos primeiros dez dias do mês corrente. Esse decêndio geralmente é o menor do mês.

O Fundo de Participação dos Municípios é composto pelo Imposto de Renda e pelo Imposto sobre Produtos Industrializados, repassado a cada dez dias, pela Secretaria do Tesouro Nacional direto para as contas bancárias das prefeituras. O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, apresenta crescimento ou queda. A variação leva em conta a inflação do período, comparado ao mesmo período do ano anterior

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, explica que o Fundo é uma receita essencial para as prefeituras, principalmente as menores que dependem muito das transferências constitucionais para quitar os seus compromissos. “Acompanhamos os repasses, informamos os gestores e orientamos sobre as oscilações que ocorrem anualmente nos valores do repasse”, assinalou.