Energisa atende mais de 500 pessoas em mutirões

Se aproximar dos clientes, facilitar o atendimento, fazer cadastro na Tarifa Social da Energia Elétrica, trocar lâmpadas antigas por lâmpadas LED, negociar dívidas e tirar dúvidas sobre a fatura de energia foram ações realizadas pela Energisa Mato Grosso no Multiação durante o ano de 2019. O projeto social é uma parceria entre a TV Centro América, a Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), e mais 37 empresas e instituições.

A distribuidora de energia participou de nove edições nas cidades de Várzea Grande e Cuiabá. Foram realizados cerca de 530 atendimentos de serviços como impressão de segunda via, negociações de dívidas, orientações sobre uso seguro da energia elétrica, entre outros. Também foram feitos cadastros na programa Tarifa Social de Energia Elétrica, que dá descontos sobre o valor da tarifa aplicável à classe residencial, troca de lâmpadas fluorescentes e incandescente por outras novas mais econômicas – LED e orientações sobre uso econômico e seguro de energia elétrica. 

Segundo a coordenadora de Grandes Clientes da Energisa, Cindy Gomes da Silva, participar da iniciativa proporciona agilidade e proximidade com o cliente.

Documento com 5,7 mil assinaturas pede construção de ciclovias em três trechos do perímetro urbano

O Movimento “Pedale com Segurança” e Sindicato e Associação dos Caminhoneiros formalizaram na tarde da última sexta-feira (15), no auditório da UNEMAT, reivindicação de construção de ciclovia em três trechos do perímetro urbano de Tangará da Serra. A mobilização contou com apoio integral da comunidade acadêmica da UNEMAT e teve apoio empresários e de representantes da sociedade civil organizada e do poder público local.

A reivindicação consta em abaixo assinado com 5.700 assinaturas e pede construção de ciclovia nos trechos entre a Vila Goiás e Unemat (Avenida Inácio Bittencourt), entre o campus da universidade e o distrito de Progresso (MT-358) e, também, no Anel Viário, entre o ‘Trevo da Melancia’ e o Parque de Exposições.

O documento, na forma de ofício e em formato eletrônico (DVD), é assinado pelo coordenador político Político-Pedagógico e Financeiro do campus da UNEMAT em Tangará da Serra, Magno Alves Ribeiro; pela coordenadora do Movimento Pedale com Segurança, Luciane Sávio; a diretora administrativa da UNEMAT, Carolina Tito Camarço; e pelo presidente do Sindicato e Associação dos Caminhoneiros, Edgar Laurini. Receberam o documento o representante do Executivo Municipal e secretário interino de Infraestrutura Wesley Lopes Torres, o presidente da Câmara Municipal vereador Ronaldo Quintão, o deputado estadual João José de Matos e o representante e assessor especial do deputado estadual Paulo Araújo, ex-vereador Amauri Paulo Cervo.

Botelho destaca ações da ALMT para o fortalecimento da agricultura familiar

Municípios receberam maquinários e convênios para investir no setor. Sorriso é o primeiro a conquistar a certificação do Susaf

Mato Grosso deu importante passo para o fortalecimento da agricultura familiar. Propostas aprovadas pela Assembleia Legislativa promovem o aquecimento do setor. A exemplo da entrega de máquinas, assinatura de convênios com associações de pequenos produtores e prefeituras e a certificação do Susaf para Sorriso, primeiro município a receber o documento que o credencia a vender produtos da agricultura familiar em outras cidades. Avanços que foram destacados com grande satisfação pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), que tem origem na agricultura familiar.

Botelho também assinou os convênios durante a cerimônia do programa Mato Grosso Produtivo, realizada na sede do governo, no Palácio Paiaguás, na sexta-feira (13), que contou com a presença de lideranças municipais, representantes das bancadas federal e estadual. Dentre as novidades, os microprodutores rurais e microgranjeiros, usuários da Nota Fiscal Avulsa Eletrônica, também conhecida como NFA-e, já podem fazer a emissão do documento eletronicamente no portal da Secretaria de Fazenda (Sefaz). 

“Pra mim é uma alegria quando tem um evento como esse. Agradeço, em especial, ao Fábio Garcia, que sempre destinou emendas para ajudar os pequenos produtores. Se tem alguém que realmente precisa é a agricultura familiar. O trabalho da Assembleia começa a dar resultado, com obras em andamento e investimentos como esse. Estamos lá para trabalhar para o estado e para o futuro”, disse Botelho.

Mercado financeiro eleva estimativa de inflação para 3,86% este ano

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) aumentaram a estimativa de inflação e crescimento da economia este ano.

A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA – a inflação oficial do país) subiu de 3,84% para 3,86%.

A informação consta do boletim Focus, pesquisa semanal do BC que traz as projeções de instituições para os principais indicadores econômicos. Essa foi a sexta elevação consecutiva.

Para 2020, a estimativa de inflação se mantém há sete semanas em 3,60%. A previsão para os anos seguintes também não teve alterações: 3,75% em 2021, e 3,50% em 2022.

As projeções para 2019 e 2020 estão abaixo do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC. A meta de inflação, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é 4,25% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Selic

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente definida em 4,5% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Plenário pode votar proposta que aumenta repasses da União para municípios nesta segunda-feira

O Plenário da Câmara dos Deputados pode votar nesta segunda-feira (16) a proposta que aumenta o repasse da União às cidades por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Trata-se da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 391/17, do Senado, que aumenta em 1 ponto percentual os repasses de certos tributos da União para os municípios.

Atualmente, de 49% da arrecadação total do imposto de renda e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), ficam com as cidades 22,5 pontos percentuais, por meio do FPM. Com a PEC, passam a ser 23,5 pontos percentuais, aumentando o repasse global de 49% para 50% da arrecadação.

O texto prevê um aumento gradativo nos quatro primeiros anos da vigência da futura emenda constitucional. Nos dois anos seguintes, o repasse a mais será de 0,25 ponto percentual. No terceiro ano, de 0,5 ponto percentual; e do quarto ano em diante, de 1 ponto percentual.

Secel reúne profissionais da música para pensar políticas públicas ao setor

Seminário Afinados discutirá o mercado da música, no dia 19 de dezembro, no Palácio da Instrução.

O Palácio da Instrução, em Cuiabá, receberá nesta quinta-feira (19.12) mais um evento voltado ao mercado da música, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). O 'Seminário Afinados' faz parte de uma decisão institucional de criar, em conjunto com os profissionais do setor, um plano setorial para o desenvolvimento da cadeia da música em Mato Grosso.

O evento começará às 15h, e a participação é gratuita. Porém, é preciso fazer inscrição prévia. “Além de propiciar que os profissionais estabeleçam uma rede de contatos e compartilhem conhecimentos, o seminário busca essencialmente criar um ambiente para que o mercado da música seja discutido de forma a pensar em soluções para atender as demandas e sanar gargalos na cadeia. É o início de um debate que subsidiará a elaboração do Plano Setorial da Música de Mato Grosso e, consequentemente, as políticas públicas voltadas ao setor”, destaca a superintendente de Economia Criativa da Secel, Keiko Okamura.

Keiko ressalta a importância do plano setorial, principalmente, para impulsionar esse segmento que possui tantos profissionais atuando no Estado. “Temos uma grande diversidade musical e somos reconhecidos pelo trabalho de artistas com projeção nacional e até mesmo internacional. Além da música ser um setor com representatividade na economia criativa mundial, ela dialoga e integra outros segmentos como o cinema, o teatro, a TV, gerando renda e empregos para milhares de pessoas”.

Nota MT sorteia 250 mil reais em prêmios esta semana

Serão 05 prêmios de 50 mil cada um

O Programa Nota MT realiza nesta quinta-feira (19.12), o segundo sorteio especial do ano. A partir das 08h, com a presença do governador Mauro Mendes, serão sorteados cinco prêmios de R$ 50 mil. O sorteio será feito na sala de reuniões Garcia Neto, no Palácio Paiaguás.

Para o sorteio especial de Natal já foram gerados 5.073.825 bilhetes. Cada nota fiscal gera dois bilhetes, um para o sorteio mensal e outro para o sorteio especial, independente do valor da compra.

Este será o sétimo sorteio do programa, lançado em junho deste ano, que já distribuiu mais de 5 mil prêmios para pessoas que se cadastraram no programa e passaram a pedir a colocação de seus CPF’s nas notas de compras. Até agora foram distribuídos 5 prêmios de R$ 50 mil, 25 de R$ 10 mil e 5.000 de R$ 500,00.

O programa Nota MT já conta com 237.564 cadastrados. A meta até o final do ano é chegar aos 250 mil inscritos.