Samae realizará 1º Fórum de Saneamento e Educação Ambiental

Evento será pontapé para Plano Municipal de Saneamento

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra juntamente com o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) realizarão no mês de novembro, nos dias 21 e 22, o 1º Fórum Municipal de Saneamento e Educação Ambiental.

O evento tem por objetivo discutir ações de melhoria na qualidade de vida e a preservação da saúde da população, e contará com palestras e mesas redondas com temáticas sobre lei de saneamento e situação atual do Município; abastecimento de água potável; esgotamento sanitário; manejo de resíduos sólidos; drenagem e manejo das águas pluviais urbanas e tarifas de serviços.

De acordo com o diretor da autarquia, Wesley Torres, o evento também foi pensado como forma de contribuição à elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico, que está a cargo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que inclusive já foi contratada para confeccioná-lo. “Já contratamos a universidade para elaborar o Plano e em razão disso, esse fórum vai ser um pontapé inicial para a sua construção. Nada mais justo que ouvir a população, os maiores interessados. Esse plano não pode ser construído só pelo Samae e Prefeitura, ele depende muito da população”, frisou Wesley. “ Muitas vezes um simples cidadão tem uma idéia que ninguém pensou e que é uma solução para uma demanda que nós temos, então é isso que queremos, que a população participe e nos ajude a fazer a Tangará do futuro”, convidou.

DS completa 22 anos com lançamento de livro


Mais de duas décadas foram completadas ontem, dia 11 de novembro


Escrever o dia a dia da notícia de Tangará da Serra e região, informando a todos os leitores com imparcialidade os fatos que acontecem, principalmente, no município. Assim tem sido a ‘vida’ do Jornal Diário da Serra, que neste domingo, dia 11 de novembro, completou 22 anos de muitas histórias publicadas.

Para comemorar as mais de duas décadas de fundação, a direção do Diário da Serra lançará no dia 1º de dezembro, o 6º fascículo do projeto Memória, que além de contar a trajetória de vida de pessoas que hoje emprestam seus nomes as ruas e prédios públicos do município, retrata toda história de pioneiros que contribuíram com a cidade, homenageando assim também os que estão em vida.

De acordo com o diretor geral do DS, Mano Reski, nesse ano o livro contará com 22 homenageados. “Serão histórias cheias de carinho, amor, emoção e muita saudade”, adiantou Mano Reski, ao destacar que o DS se consolida ainda mais a cada ano que passa, tendo como foco informar a sociedade com imparcialidade. “O DS foi criado em 1996 e veio com um grande objetivo: informar com presteza sobre todos os fatos que acontecem na região. Nessas mais de duas décadas, o jornal tem desenvolvido inúmeros projetos voltados ao bem social, contribuindo assim com vidas, através dessas atividade”, disse.