Sicredi lança plataforma ‘Como Fazer Juntos’

Série de vídeos explica o que é uma cooperativa de crédito, seus diferenciais, vantagens e benefícios, entre outras informações relevantes para os jovens e demais públicos

Com o intuito de aproximar cada vez mais o cooperativismo de crédito a diversos públicos, o Sicredi – instituição financeira cooperativa que conta com mais de 3,8 milhões de associados e atuação em 22 estados brasileiros e Distrito Federal – lançou, simultaneamente, a plataforma de conteúdos “Como Fazer Juntos” e a campanha “Juntos a gente se entende”, destinada ao público jovem.

A plataforma tem conteúdos produzidos com os colaboradores, que explicam de forma simples e próxima, por meio de vídeos, o que é o Sicredi, seus produtos e serviços e os diferenciais, vantagens e benefícios de se associar a uma das cooperativas de crédito filiadas ao Sistema. Os vídeos podem ser acessados no site www.comofazerjuntos.com.br. Além disso, também são postados nos canais de mídias sociais do Sicredi.

“As palavras ‘Como Fazer’ são bastante procuradas no Google quando as pessoas procuram aprender mais sobre algum assunto. E por que aprender como fazer juntos? Em função do cooperativismo ter em sua essência atuar a cultura do trabalho em conjunto para um mesmo fim. Por isso, a plataforma ‘Como Fazer Juntos’ representa o relacionamento próximo e a transparência das nossas relações com associados e a comunidade”, explica Ana Paula Cossermelli, superintendente de Comunicação, Marketing e Canais do Banco Cooperativo Sicredi.

Já a campanha ‘Juntos a gente se entende’ tem o intuito de estimular o público jovem a considerar o Sicredi no momento de escolher a sua instituição financeira, direcionando para a plataforma de conteúdos. “A campanha atuará em diferentes frentes com ações de endomarketing, publicidade, marketing digital e relações públicas, todas com o intuito de engajar o colaborador do Sicredi, o associado e toda a comunidade na qual nossa instituição financeira cooperativa atua”, ressalta Ana Paula.

A campanha institucional para o público jovem é composta por uma série de três vídeos e se estende às revistas que circulam nas áreas de atuação do Sicredi, incluindo mídia de massa (spots, anúncios e mídia exterior), ativação por meio de canais digitais (Facebook, YouTube e site do Sicredi) e ações trabalhadas para o público interno. “Nesta fase de nossa campanha institucional, serão trabalhados os materiais com situações cotidianas dos jovens para que eles entendam a importância de escolher uma instituição financeira de forma adequada, logo no início de sua vida financeira”, finaliza a executiva.

FICHA TÉCNICA – COMO FAZER JUNTOS

Direção de Criação: Carolina Sebben e Andrey Damo
Direção de Arte: Gabriel Jansen e Nadine Santos
Redação: Gabriela Fofonka
Produção: Luiza Pettini 
Mídia: Daiana Bellaver
Planejamento: Lucas Kircher
Atendimento: Luana Olave e Aline Bohn
Fotografia: Arion Engers
Tratamento de Imagem: Alexandre Link
Produtora de Filme: Pádua Filmes 
Diretor do Filme: Lucas Fogs
Produtora de Áudio: Radioativa
Aprovação do cliente: Luciana Pedrolo e Ariel Ferraz.

FICHA TÉCNICA – JUNTOS A GENTE SE ENTENDE

Direção de Criação: Gregório Leal e Carolina Sebben
Direção de Arte: Gabriel Martinez e Gabriel Jansen
Redação: Gregório Leal, Gustavo Lacerda e Gabriela Fofonka
Produção Gráfica: Fabiana Crippa
Produção Eletrônica: Fabiana Crippa e Flavia Cota
Mídia: Denise Marusiak, Mariana Velloso, Daiana Bellaver e Luana Zeloschi
Planejamento: Daniele Lazzaroto e Lucas Kircher
Atendimento: Tânia Grigoletto, Giana Oliveira, Marília Jung e Luana Olave
Fotografia: Raul Krebs e Mariana Molinos
Tratamento de Imagem: Casulo
Produtora de Filme: Santa Transmedia
Diretor do Filme: Felipe Blankenheim
Produtora de Áudio: Loop Reclame
Aprovação do cliente: Ariel Ferraz, Elemara Swbilowiez, Luciana Pedrolo e Victor Costa

Sobre o Sicredi 

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,8 milhões de associados, os quais exercem um papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br

*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Mato Grosso lidera exportações de grãos no primeiro semestre de 2018

Para os produtores, o desempenho do país atualmente só não é melhor porque não conseguiu avançar em melhores de estradas e ferrovias

Mato Grosso liderou o ranking de exportações no primeiro semestre deste ano. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o estado exportou 10 milhões de toneladas e dessa quantidade cerca de 80% são de produtos derivados da soja. Foi responsável por 17,30% da soja vendida para países como a China e a União Europeia.

O principal produto vendido pelo estado foi a soja, sendo que o estado é o maior produtor do grão.

Depois de Mato Grosso, São Paulo foi o estado maior exportador de produtos agrícolas (16,85%), seguido do Paraná (14,12%) e do Rio Grande do Sul (11,79%). Para os produtores, o desempenho do país atualmente só não é melhor porque o país não conseguiu avançar em melhores de estradas e ferrovias.

Uma indústria instalada em Várzea Grande, região metropolitana, esmaga os grãos da soja para produzir farelo e óleo. Cerca de 76 mil toneladas foram compradas dos produtores somente neste ano. A empresa não exportava há cinco anos.
Segundo o gerente da indústria, Carlos Eduardo Atkinson, a empresa tem planos planos para a produção da safra de soja para 2019. "Estamos investindo para que ano que vem, possamos esmagar mais soja e exportar mais", disse.

Esse ano as exportações brasileiras do agronegócio chegaram a R$ 60 bilhões de dólares.

De acordo com o vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja), Zildo Donadello, explicou que a alta do dólar e a guerra comercial entre a China e os Estados Unidos da América, colaboraram para o aumento das vendas. “Essa guerra comercial que existe no momento está sendo boa. Mas não sabemos até que ponto irá durar”, afirmou.

Ele contou que o desempenho não foi melhor devido à falta de avanço nas melhorias das estradas e ferrovias. “O que nos limita hoje é a logística, porque o governo não está investindo em melhorias”, disse Zildo.

Fonte: Cristina Mayumi - TV Centro América