Professor da Costa Rica ministra palestra em Tangará da Serra



O professor e pesquisador Jorge Arturo Lobo Segura, da Universidade da Costa Rica, ministrou palestra como parte das atividades da disciplina de Biologia Reprodutiva de Angiospermas, no curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento de Plantas (PGMP) da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

A palestra ocorreu no Campus Universitário de Tangará da Serra no último dia 17, em disciplina coordenada pela professora Celice Alexandre Silva.

A participação do professor Jorge Lobo em disciplinas da Unemat está prevista no Acordo de Cooperação Científica Internacional entre a universidade mato-grossense e a universidade costa-riquenha, firmado no ano de 2014.

Além da participação do professor Jorge Lobo na referida disciplina, a vinda do pesquisador também serviu para a realização de reuniões para discussão sobre o andamento de projetos financiados pelos Governos Estadual e Federal em que ele é membro.

Fonte: Redação RP com Assessoria

Campus da UNEMAT inicia 2º semestre letivo 2015 na próxima semana

As aulas iniciam na terça-feira dia 04 de agosto, de acordo com o calendário acadêmico da instituição. “Na primeira semana, para os calouros, há sempre algumas atividades de recepção, com palestras e explanações. Cada curso faz a recepção. Já para os veteranos as aulas iniciam na terça-feira”, confirmou o Professor Anderson Fernandes, Coordenador do Campus local da Unemat.

Segundo ele, está praticamente tudo organizado para o início do semestre. “Estamos com alguns probleminhas pontuais ainda em relação à contratação de professores, mas 99,9% das aulas iniciam-se na data prevista. Um ou outro profissional ainda teremos que contratar. Aí o acadêmico tem que ver isto com seu curso, se a grade está totalmente preenchida”.

A UNEMAT oferece em Tangará da Serra oito cursos: Ciências Biológicas, Agronomia, Letras, Ciências Contábeis, Administração com Enfoque em Empreendedorismo, Administração com Enfoque em agronegócio, Engenharia Civil e Enfermagem.

Indagado a respeito da vasta área do Campus Experimental da instituição, o coordenador explicou: “Há alguns cursos que não podem ser desvinculados da atividade intrinsicamente prática, como é o caso da agronomia. Não há como concluir, fazer a integralização do curso, fazer com que o acadêmico passe pelas experiências que ele vai encontrar no mercado de trabalho sem a área experimental. A área está localizada nos fundos do Campus e lá temos várias linhagens de plantações e os acadêmicos vão a campo experimentar a rotina do trato daquela espécie”, explicou o coordenador.

Universitários que queiram esclarecer alguma dúvida sobre o retorno à atividade na Instituição podem entrar em contato pelo telefone 3311-4913 ou pelo e-mail coore.tga@unemat.br.

Fonte: Marlenne Maria com Gilvan Melo - Reportagem RP