Deputado quer isenção de pedágio sobre eixos suspensos de transportes vazios

Pela regra anterior, a taxa era cobrada para todos os eixos dos veículos, independentemente de estarem em uso ou não

O deputado Saturnino Masson (PSDB) apresentou uma indicação ao Governo do Estado para que sejam regulamentadas as medidas técnicas e operacionais em Mato Grosso do Decreto Federal n.º 8.433, de 16 de abril de 2015, e do artigo 17, da Lei n.º 13.103/15. O objetivo é que os veículos de transportes de cargas que circulam vazios não paguem taxas de pedágio sobre o eixo suspenso.

De acordo com Saturnino, esta regulamentação se faz necessária porque estabelece regras do pedágio por eixo suspenso para caminhões vazios, nas praças de pedágio em Mato Grosso. "Sou solidário às causas da categoria e venho defendendo eles (transportadores) que tanto contribuem com o desenvolvimento de nosso país", declarou o deputado.

Com a indicação, as concessionárias que administram as MT-242, que liga Sorriso a Ipiranga do Norte e Sorriso a Nova Ubiratã; MT-449, entre Lucas do Rio Verde e Tapurah; MT-35, de Nova Mutum a Santa Rita do Trivelato, e Rondonópolis a Primavera do Leste, passariam a cumprir a lei federal já determinada em 17 de abril deste ano.

Pela regra anterior, a taxa era cobrada para todos os eixos dos veículos, independentemente de estarem em uso ou não. O decreto vale para todas as concessões federais de rodovias e também as estradas estaduais e municipais operadas pela iniciativa privada.

"Precisamos regulamentar este decreto- lei em Mato Grosso, os caminhoneiros não podem mais pagar pedágio por cargas que circulam vazias, pois esses eixos não geram custos", afirmou o parlamentar.

Fonte: ROSANGELA MILLES - Assessoria de Gabinete

Desfile Cívico lota Avenida Brasil em Tangará da Serra

Milhares de pessoas lotaram a Avenida Brasil para acompanhar o desfile

Aconteceu na tarde desta quarta-feira, dia 13 de maio, o tradicional Desfile Cívico realizado todos os anos na data em que Tangará da Serra completa mais um ano de emancipação política administrativa. Na ocasião, milhares de pessoas lotaram a Avenida Brasil para acompanhar de perto o resultado das apresentações de 27 grupos, entre escolas e entidades do município.

De acordo com o prefeito Fábio Martins Junqueira, as expectativas foram superadas, visto a aceitação da população frente ao evento.

“Essa é a oportunidade de mostrar o número de crianças, jovens e adolescentes. Nossa juventude demonstra para a sociedade como é forte e temos boas expectativas para o futuro. Podemos dizer que tangará caminha para ser uma das mais cidades importante”, relatou Junqueira.

Para a secretária de Educação, Iolanda Garcia, as novidades apresentadas no evento foi bem aceita pela população. “A gente fica contente porque a comunidade atende o chamado. Houveram desfile de carros, escolas convidadas de outra região e entidades de nossa cidade. As expectativas foram atingidas”, afirmou.

Maquinários foram apresentados à população

Durante o tradicional Desfile Cívico realizado em Tangará da Serra para comemorar os 39 anos de emancipação política administrativa, maquinários adquiridos pelo município com recursos próprios foram apresentados à população como forma de prestação de contas ao trabalho desenvolvido pela atual gestão.

De acordo com o prefeito Fábio Martins Junqueira, apesar do grande número de equipamentos e veículos que foram mostrados durante o Desfile Cívico, nem todos estavam a mostra na avenida.
“Esses veículos foram apresentados, mas não colocamos todos para ocorrer celeridade”, relatou o prefeito, ao destacar que os equipamentos são fundamentais para o desenvolvimento estrutural de Tangará da Serra.

“É resultado de trabalho realizado pela executivo através da secretaria de Infraestrutura”, finalizou Junqueira.

Rodrigo Soares - Redação DS