Saúde terá atendimentos de Oftalmologia

O primeiro atendimento acontecerá do dia 23 ao dia 26 de janeiro

O Secretário Municipal de Saúde de Tangará da Serra, Itamar Martins Bonfim, anunciou que na próxima semana serão realizados exames de oftalmologia pela Rede Pública de Saúde do Município. Segundo ele, esse que é um dos grandes gargalos da Saúde local, por ter atendimento somente em Cuiabá, passará a ter solução no Município.

“Essa é de fato uma das grandes dificuldades que encontramos. Teríamos que mandar os nossos pacientes para Cuiabá, agendar o atendimento e com muita dificuldade conseguir uma consulta. Dessa forma fizemos um credenciamento e formalizamos o contrato com a Clínica de Olhos de Cuiabá para que seus profissionais venham pelo menos uma vez por mês a Tangará da Serra realizar o atendimento”, informou o Secretário.

De acordo com o Gestor, através desse contrato serão instalados em Tangará da Serra os equipamentos necessários para realização dos exames na Unidade de Fisioterapia e esse primeiro atendimento acontecerá do dia 23 ao dia 26 de janeiro. “Pretendemos atender por volta de 350 pacientes nesses quatro dias, pois serão 40 pacientes pela manhã e 40 pacientes durante o período da tarde. A Central de Regulação já está entrando em contato com as pessoas para que possam receber esse tipo de atendimento”, informou Bonfim.

Vale destacar que através desse contrato aqueles casos que são mais complexos e que necessitam ser encaminhados para Cuiabá serão de fato encaminhados à capital, mas o atendimento de ambulatório como consultas e exames serão feitos em Tangará da Serra. “Vamos então eliminar uma fila muito grande de pessoas aguardando para receber esse atendimento de oftalmologia”.

Fonte: Diego Soares - Assessoria de Imprensa

Tarifas de embarque em aeroportos terão aumento de 5,39%

Novos valores serão aplicados 30 dias após Infraero divulgar reajuste

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou hoje (16) reajuste de 5,39% para o teto das tarifas de embarque, conexão, pouso e permanência nos aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Os novos valores poderão ser aplicados depois de 30 dias que a Infraero fizer a divulgação oficial do reajuste.

Passageiro aguarda embarque no Aeroporto Santos Dumont, administrado pela Infraero - Arquivo/Agência Brasil

As tarifas aeroportuárias são valores pagos aos operadores do setor pelas companhias aéreas, pelo operador da aeronave ou pelo passageiro. Segundo a Anac, a tarifa de embarque é a única paga pelo passageiro e tem a finalidade de remunerar a prestação dos serviços, instalações e facilidades disponibilizadas aos passageiros.

Com o reajuste, a tarifa máxima dos passageiros em embarques domésticos passará de R$ 31,27 para R$ 32,95..

Nas viagens internacionais, a tarifa máxima de embarque aumentará de R$ 112,83 para R$ 115,82. Os valores valores já incluem o adicional do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) de US$ 18, o correspondente a R$ 57,47.

De acordo com a Anac, o reajuste foi aplicado considerando a inflação acumulada entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018, medida pela variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE).

Responsável por cerca de 60% do movimento aéreo no país, a Infraero administra mais de 50 terminais que operam voos regulares e não regulares, voos domésticos regionais e nacionais e também internacionais. Entre eles, destacam-se aeroportos de grande movimentação como Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e do Recife, além de terminais regionais como Campina Grande, na Paraíba, Juazeiro do Norte, no Ceará, e Montes Claros, em Minas Gerais.

Por Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Presidente Bolsonaro sanciona Lei do Orçamento 2019 de mais de R$ 3,3 trilhões

A Lei 13.808, que trata do Orçamento da União e estima receita para o exercício de 2019 em mais de R$ 3,3 trilhões está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (16). Ela também fixa a despesa em igual valor.

No capítulo que trata dos orçamentos Fiscal e da Seguridade Social, a lei diz, em seu Artigo 2º, que a receita total estimada é de mais de R$ 3.2 trilhões, “incluindo a proveniente da emissão de títulos destinada ao refinanciamento da dívida pública federal, interna e externa”.

A lei foi sancionada nessa terça-feira (15) pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Fonte:Agência Brasil

Atletismo de Tangará da Serra retoma treinamentos

Atletas terão cerca de 60 dias para se prepararem para competições

A Secretaria Municipal de Esportes de Tangará da Serra, por meio da Escolinha de Atletismo, comandada pelo professor e técnico Nelson Ferreira, retomou nesta terça-feira, dia 15 de janeiro, os treinamentos no Estádio Municipal Mané Garrincha.

Segundo o professor, as aulas reiniciaram com cerca de 20 alunos, que participaram no ano passado, porém este número deverá crescer, gradativamente, a cada aula. “Venham fazer parte deste projeto”, convida o professor, ao ressaltar que crianças de 10 até 19 anos podem treinar.

Em 2018 foram mais de 200 crianças atendidas. As aulas acontecem em dois diferentes horários: das 8h às 11h e das 14h às 17h. “Aguardamos as crianças e jovens do município para continuar este projeto que em 2018 conquistou sua primeira medalha em Campeonato Brasileiro, nove medalhas no Campeonato Centro-Oeste e outras tantas nos Campeonatos Estaduais”, relembra.

Iniciando agora, os atletas terão cerca de 60 dias para se prepararem para as primeiras competições. A partir de março iniciam os estaduais, com o Campeonato Sub23. “O calendário é bem movimentado (…) e a tendência é manter este nível. Participar do Centro-Oeste e brigar por medalhas, participar do Brasileiro e aumentar esse número de medalhas. Vamos ver se a gente dobra ou triplica”.

Fonte: Fabiola Tormes - Redação DS