90% da cidade deverá ser atendida pelo transporte

Tarifa hoje é de R$ 3,00. Em 1º de dezembro será R$ 3,85

Após cinco meses de espera, os munícipes tangaraenses passaram deste a última segunda-feira, 19, a contar com a nova frota de ônibus coletivos a circular pela cidade, sob os serviços da empresa Vandex Táxi Lotação Eireli. O edital de licitação do sistema de transporte coletivo urbano de ônibus em Tangará da Serra foi publicado no mês de junho, mas somente agora a troca dos ônibus se efetivou.

Segundo o secretário de Infraestrutura, Selton Vieira, os veículos tem no máximo seis anos de uso e estão totalmente adaptados às exigências especificadas no edital de licitação. “Os novos ônibus começaram a circular na segunda e estão totalmente adaptados para atender as necessidades da população”, garantiu o secretário.

Responsável pela empresa, o gerente Josué Dias de Paula confirmou a fala de Selton e frisou que, para que a população tenha um serviço de qualidade, os motoristas passaram por treinamentos. “Estivemos durante o domingo e segunda em treinamento com os 20 motoristas para que possam prestar um bom trabalho nesses ônibus que são de tecnologia nova, para aprenderem a usar os elevadores e outros serviços”, frisou.

Ainda conforme Dias, embora tenha havido a mudança, a utilização dos passes seguirá normalmente até a implantação do sistema de validador, quanto passarão a serem utilizados os cartões, o que provavelmente ocorrerá já no início de janeiro. O gerente ressaltou ainda, que com o novo sistema, a intenção é que Tangará da Serra fique 90% atendida pelo transporte coletivo. “Temos na realidade quatro linhas, mas elas serão estendidas, por isso, todos os cantos da cidade deverão ser cobertos a partir de agora”, comentou.

Preocupação de muitos, a tarifa hoje está sendo de R$ 3,00, mas a partir de 1º de dezembro passará para R$ 3,85.

Fonte: Rosi Oliveira - Redação DS

Mais de 300 atletas participam do 6º Open Tangará Jiu Jitsu

Foi um final de semana inteiro dedicado ao esporte

Tangará da Serra recebeu mais de 300 atletas, de várias cidades do Estado, no 6º Open Tangará Jiu Jitsu.

Foi um final de semana inteiro dedicado ao esporte, que, ao final, superou todas as expectativas. “Superou nossas expectativas em todos os aspectos”, afirma um dos organizadores, sensei Roberto Kadooka, ao agradecer todos os atletas e público que compareceu para prestigiar o evento. “Agradecemos a todos os colaboradores, a Prefeitura Municipal e a Polícia Militar de Tangará pela parceria, assim como a presença de todos que ajudaram diretamente ou indiretamente”


Resultado – No evento foram premiadas todas as categorias infantis: mirim, pré-mirim, infanto juvenil A, infanto juvenil B, infantil, e todas categorias adultos masculino e feminino, com medalhas aos 1º,2º,3º colocados.

Na categoria ‘Marrom e preta’, masculina, foram campeões: Maurício Fett em primeiro, Daniel Portela em segundo e Welinton da Silva em terceiro. Na feminino subiram no pódio Débora Emily de Oliveira, Letícia Emily da Silva, e Rosana de Maria e Maria Zilda da Silva, ambas terceiras colocadas. Na Categoria faixa azul masculino o pódio foi com Flávio Theobald, Adeildo Arruda e Wander Flores.

Já em equipes, as campeãs foram Fusion, Zenith, Coliseum, ACT e Brotherhood.

Fonte: Fabiola Tormes - Redação DS

Lions Clube promove plantio de árvores na Usina do Juba

Trabalho segue até o final do ano

Seguindo com a programação do Projeto Caminhos neste mês de novembro, os associados do Lions Clube Tangará da Serra estiveram na Usina PCH Graça Brennan, no Complexo Juba, no final de semana.

Sob orientação dos responsáveis da usina, foram plantadas 200 mudas de árvores das espécies Ipê e nativas, na área de recuperação indicadas no Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD) da Usina. “Esse foi nosso primeiro trabalho desta natureza, com um clube de serviço, porém, já realizamos esse trabalho de plantio e recuperação de áreas de forma permanente em nossas usinas”, explica o gerente do Complexo Juba, Gleison de Sousa Garcêz, ao destacar que, ao longo dos últimos 20 anos, mais de 400 mil mudas de árvores foram plantadas em todas as usinas.

“Mas entendemos como muito importante essas parcerias, pois, além do plantio, abrimos nossas portas a esses voluntários que puderam presenciar nossa responsabilidade e compromisso com o meio ambiente”.

PROJETO CAMINHOS - O objetivo do projeto, iniciado em 2016, é contribuir com o meio ambiente com o plantio de árvores, especialmente nas vias rurais, oportunidade em que mais de 1 mil árvores foram plantadas neste período.

Neste ano, somente no segundo semestre, a intenção é ultrapassar as 700 árvores plantadas. As primeiras 119 árvores de Ipês Amarelos e Brancos foram plantadas no Dia da Árvore (21 de setembro), em área central do Município.

O segundo plantio foi no dia 4 de novembro passado, na Comunidade Bezerro Vermelho (150 mudas de árvores de Ipês das espécies roxo, rosa e amarelo, e Pata de Vaca, ao lado da igreja recém-inaugurada da comunidade e 100 mudas de árvores nativas para reflorestamento, nas nascentes do Rio Bezerro Vermelho).

O próximo compromisso do grupo será neste sábado, 24, para replantio de árvores na estrada da Escola Agrícola, localidade que recebeu a ação no início deste ano.

Fonte: Fabiola Tormes- Redação DS