Governo vai investir mais de R$ 120 milhões na região de Tangará da Serra

Em visita ao município de Tangará da Serra nesta terça-feira (18.04), o governador Pedro Taques anunciou um pacote de obras rodoviárias para a região com investimentos superiores a R$ 120 milhões nos próximos anos. As obras serão executadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

Entre as obras anunciadas, está a reconstrução da rodovia MT-246, entre Jangada e Barra do Bugres. "O dinheiro já está na conta para reconstrução da estrada. Há mais de 30 anos essa rodovia não vê uma obra deste tamanho. Nós vamos iniciar a revitalização total em 15 dias e em ritmo acelerado. Vamos corrigir um erro histórico e acabar com o abandono desta região", afirmou o governador. 

Taques ressaltou o desempenho da Sinfra. Em dois anos, a atual administração concluiu 1.430 km de asfalto, entre obras de pavimentação (712 km) e reconstrução (718 km). Na gestão anterior toda, foram apenas 886 km. 

"Nossos números são arrasadores e não podemos acreditar nas mentiras contadas no passado. Essa é a pior crise da história. Mas nós estamos trabalhando firme para colocar a casa em ordem", ressaltou Taques. 

O secretário da Sinfra, Marcelo Duarte, explicou que serão investidos na MT-246 mais de R$ 30 milhões em recursos do Prodestur, programa ligado a Seced. 

"Vamos iniciar o serviço de reconstrução completa. Será uma rodovia que os cidadãos nunca tiveram. O trecho todo será restaurado", explicou o secretário Marcelo Duarte. No futuro, a estrada deve ser incluída no Plano Estadual de Concessões que está em elaboração na Sinfra. 

Assinaturas 

Durante o evento na Associação Comercial de Tangará, onde foram apresentadas as ações que serão realizadas pelo Governo do Estado, Taques assinou a autorização da abertura de licitação para reconstrução da rodovia MT-358, de Tangará da Serra a Barra do Bugres. 

"Há muitas décadas a rodovia MT-358 não via uma máquina no trecho. Determinamos a restauração dela. Já na Serra do Parecis, vamos revitalizar o trecho onde houve um problema. Todo o serviço será refeito", disse o secretário.

Taques também assinou a autorização da elaboração do projeto executivo para obra de pavimentação de 38 km da Rodovia MT-240, no trecho entre o entroncamento da MT-358 (Progresso) e Santo Afonso.

O secretário também citou outras obras que estão incluídas no Plano Diretor da Sinfra. "Iremos lançar ainda neste ano a pavimentação da MT-339, ligando Tangara da Serra até Salto do Céu, passando pelo assentamento Antônio Conselheiro. Os primeiros 10 km serão feitos neste ano, dando acesso ao assentamento. Vamos conectar as importantes regiões de Cáceres e Tangará da Serra". 

Além disso, serão realizadas melhorias no Aeroporto Municipal de Tangará da Serra. O primeiro passo foi a aprovação na Assembleia Legislativa do projeto de lei que concede incentivo fiscal por meio do programa Voe MT.

"Sabemos que o aeroporto precisa de mais investimentos. Vamos melhorar a infraestrutura e vamos trazer o aeroporto para um outro patamar", afirma. "Queremos tornar o aeroporto de Tangará, ainda dentro deste governo, no mesmo padrão dos aeroportos de Sorriso e Barra do Garças que recebem diversos voos regulares", ressaltou o secretário da Sinfra. 

"Acreditamos que sairão essas obras de fundamental importância para nossa região de Tangará da Serra", afirmou o deputado Wagner Ramos. "Vamos com as obras mudar a realidade da infraestrutura da nossa região", concluiu o deputado Saturnino Masson. 

Por Ericksen Vital | Sinfra-MT

Tangará da Serra recebe duas escolas modelos da rede estadual

Seduc investe mais de R$ 32 milhões em melhoria nas unidades escolares do município

O município de Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte de Cuiabá) recebeu duas novas escolas modelos estaduais, nesta terça-feira (18.04). O governador Pedro Taques e o secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, também entregaram R$ 30 mil em computadores para duas unidades escolares e para a assessoria pedagógica da região.

As obras fazem parte do programa Pró-Escolas, que conta com um investimento de mais R$ 32 milhões apenas para o município, e beneficiam mais de mil alunos da rede pública.

No início da tarde, foi inaugurada a Escola Estadual Jonas Lopes, que conta com 420 alunos matriculados do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Orçada em R$ 2,6 milhões, a nova escola tem oito salas de aula, sala de informática, administração, sala dos professores, cozinha e refeitório, instalações de segurança e prevenção e combate a incêndio e pânico, e quadra poliesportiva coberta com arquibancada.

Durante a inauguração, o governador se encontrou com estudantes e educadores da unidade escolar. “Aqui está o governador, o secretário, além de deputados e prefeitos da região, mas quero que vocês saibam que as pessoas mais importantes aqui são os professores, que ensinam vocês a mudarem e transformarem o mundo em que nós vivemos”, afirmou o governador às crianças.

Em seguida, a comitiva do Governo foi até a Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra para debater sobre melhorias para a infraestrutura e logística da região.

O secretário Marco Marrafon destacou os investimentos da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT) em todo o estado e também na região. “Este ano, vamos investir mais de R$ 180 milhões em construções e reformas de escolas, além disso, já contamos com autorização para a realização de concurso público para mais de 5,7 mil profissionais da educação”, disse.

Após o encontro, o governador Pedro Taques e o secretário Marco Marrafon inauguraram também a Escola Estadual João Batista, no bairro Jardim Europa. Orçada em R$ 5,1 milhões, a escola conta com 12 salas de aula, diretoria, secretaria, sala de professor, sala de informática, biblioteca, conjuntos de sanitários, conjuntos de vestiários, praça de recreação, quadra poliesportiva, além de laboratórios de biologia, física, matemática e química.

Segundo o governador Pedro Taques, a comunidade escolar esperou mais de 15 anos por uma escola nova. “Você pode construir escola, pode ter escola bonita, mas sem uma gestão de qualidade e grandes profissionais da educação, nada se resolve, por isso é um orgulho ainda maior fazer parte deste processo”, afirmou.

Segundo o secretário Marco Marrafon, uma escola com estrutura de qualidade é fundamental para a concretização do principal objetivo da Seduc, que é reduzir a evasão escolar e melhorar os indicadores de ensino.

“Inaugurar mais esta escola não é apenas um sonho, é muito mais do que isso, é fazer parte de um objetivo maior, o objetivo de ajudar a concretizar os sonhos dos nossos alunos”, ressaltou o secretário. 

Outros investimentos

A Seduc prevê um investimento de mais R$ 32 milhões nas unidades escolares de Tangará da Serra. A expectativa é que já no segundo semestre comece a ser construída uma escola no modelo Centro Integrado Escola Comunidade (Ciec), com um orçamento de aproximadamente R$ 12 milhões.

A Secretaria também irá retomar e finalizar a construção da EE Altos do Tarumã e iniciar reformas nas escolas estaduais Patriarca da Independência, Pedro Alberto Tayano, 13 de Maio e 29 de Novembro.

Já as escolas Jada Torres, Elcio Souza e Petrônio Portela serão contempladas com a construção de quadras poliesportivas. O investimento será de mais de R$ 2 milhões.

Conforme a Superintendência de Obras da Seduc, no segundo semestre, o CEJA Antonio Casagrande e as escolas Dr. Helcio de Souza, Emanuel Pinheiro, Ver. Ramon Sanches Marques, Marechal Candido Rondon e Ernesto Che Guevara receberão novos postos de transformação.

Pró-Escolas

As obras fazem parte do Pró-Escolas, o maior programa de investimentos na história da educação de Mato Grosso. O objetivo é melhorar a qualidade de ensino e alavancar os indicadores de ensino do estado.

O programa conta com quatro eixos de atuação: Ensino, Estrutura, Inovação e Esporte e Lazer, sendo que cada um tem a finalidade de promover ações específicas para melhorar a aprendizagem. Um dos principais objetivos, além de garantir educação pública de qualidade, é combater a evasão escolar.

O Pró-Escolas tem a finalidade de promover ações e investimentos para melhorar a estrutura das escolas estaduais e a qualidade da educação pública estadual. Em infraestrutura, o programa prevê investimento de R$ 180 milhões, somente para 2017.

Por Gustavo Nascimento | Seduc-MT