Tangará vivenciará ‘24 Horas de Cultura’ a partir deste sábado

Um dos destaques do evento será o show programado para a noite de sábado, com o rapper Linha Dura

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), Departamento Municipal de Cultura e diversos parceiros promoverão o projeto ‘24 Horas de Cultura’ a partir deste sábado, 8, em Tangará da Serra.

De acordo com o coordenador do Departamento Municipal de Cultura, Anselmo Parabá, a comunidade tangaraense vivenciará 25 intervenções artísticas realizadas simultaneamente em cinco diferentes locais do município, iniciando neste sábado às 9h. “É um projeto inédito na cidade e vai acontecer simultaneamente em cinco locais: Centro Cultural, Praça da Bíblia, Feira da Vila Alta, Feira do Produtor e Tangará Shopping. Vinte e cinco ações culturais acontecendo de forma simultânea, proporcionando interação artística e cultural, workshop, exposições e shows. A ideia é envolver os diversos segmentos, numa mobilização em torno de 24 horas de cultura na nossa cidade”, explica o responsável, ao afirmar que todas as interações, shows, exposições, enfim, toda a programação é gratuita, iniciando às 9h deste sábado, seguindo até às 9h de domingo, 9 de outubro. “A ideia é que em todos esses locais a gente consiga reunir um maior de pessoas possíveis em torno da cultura de nosso município”.

Um dos destaques do evento, segundo Parabá, será o show programado para a noite de sábado, com o rapper Linha Dura, de Cuiabá. Ele trará a Tangará da Serra seu mais novo show - Tchapa e Cruz Todavida, contemplado pelo Edital Circula MT da Secretaria Estadual de Cultura. Antes, porém, a partir das 13h, o músico estará no Centro Cultural fazendo a gravação de rappers da nossa cidade com o Studio Movel do Rapper Linha Dura. “Fazendo uma montagem da uma coletânea para levar os artistas deste segmento para um trabalho estadual”.

Toda a programação é aberta a todo o público, de todas as idades. “Aproveitando o momento para convidar toda a população para prestigiar essas 25 interações artísticas-culturais que estarão acontecendo nestes locais. É importante apoiar essas crianças, esses jovens e idosos que frequentam as nossas oficinas, para que se sintam estimulados a continuar dentro do caminho da cultura, além de estimular outras pessoas a virem participar das próximas edições do evento”.