Sorteio de prêmios do Natal CDL será neste sábado (02)

Está marcado para as 10h00min da manhã na sede da CDL Tangará da Serra o sorteio dos prêmios da campanha do Natal 2015 organizada pela instituição. 

Durante a campanha foram distribuídos em torno de 600 mil cupons.

Para que o consumidor concorra aos prêmios é preciso que os cupons estejam corretamente preenchidos e sejam entregues até às 18h00min desta quinta-feira (31) nas lojas, segundo o Gerente da CDL Osmair Rodrigues Borges. “A partir do início dos sorteios, não aceitaremos que sejam acrescentados cupons”, destacou o gerente.

Neste ano a campanha vai sortear 10 vales compras no valor de R$ 1.000,00; duas motos zero quilômetro; 01 automóvel Fiat Pálio zero quilômetro e 02 caminhões de prêmios com mobília completa para a casa.

Os vendedores ‘mão santa’ que entregarem os cupons dos prêmios principais ganharão R$ 500,00 cada.

O sorteio pode ser acompanhado pelos interessados na sede da CDL, localizada na Rua Deputado Hitler Sansão, Nº 203 – W, neste sábado (02) às 10h00min da manhã.

Fonte: Marlenne Maria - da Redação Pioneira

Sala de passageiros do aeroporto deverá estar concluída em janeiro

Estão em fase final as obras da sala de embarque e desembarque do aeroporto municipal de Tangará da Serra. As informações foram obtidas pela reportagem do Tangará Online na manhã desta terça-feira, no próprio terminal aeroportuário.

A conclusão das obras está projetada para o mês de janeiro. A mesma previsão se aplica ao abrigo para equipamento de combate a incêndio, estrutura em construção ao lado do terminal de passageiros.

As obras da sala e do abrigo terão custo final de R$ 149.952,00, com recursos próprios do município. O estágio final dos trabalhos foram comemorados pelo prefeito Fábio Martins Junqueira há alguns dias pelas redes sociais.

As duas estruturas permitirão a ocorrência de voos regulares para Tangará da Serra. Em princípio, a companhia Asta já teria autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), mas teria adiado os voos em razão da inexistência de estruturas como as duas que estão em construção.

Fonte: Sergio Roberto - Da Redação Tangara on Line

Criada a Sala Municipal de Coordenação e Controle da Dengue

Ádila e Lucas responderam as perguntas da imprensa

Visando a mobilização e combate ao mosquito Aedes Aegyti, para o enfrentamento da Dengue, do Virus Chinkungunya e do Zika Virus, foi criada a Sala Municipal de Coordenação e Controle, que funcionará no Paço Municipal na Secretaria Municipal de Saúde, conforme previsto no § 6º do art. 5º do Decreto Federal nº 7.257, de 4 de agosto de 2015.

Na tarde desta segunda-feira 28/12, Lucas Leal de Andrade, coordenador de Vigilância Ambiental de Tangará da Serra e Ádila Matana da Comissão de Defesa Civil do Município receberam membros da imprensa tangaraense para uma coletiva e esclareceram dúvidas existentes, que foram respondidas aos presentes.

A sala Municipal de Coordenação será composta de representantes e suplentes de Secretarias Municipais, SAMAE, Comitê Intersetorial de Combate a Dengue, Conselho Municipal de Saúde, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Rotary Club e Lions Internacional. As Secretarias Municipais indicarão dois representantes titulares e um suplente, enquanto os demais órgãos indicarão um representante titular e um suplente. Poderão ser convidados para integrar a Sala Municipal de Coordenação e Controle representantes de outros órgãos federais, estaduais, distritais e municipais e de organizações da sociedade civil. A coordenação ficará por conta da Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra.

Para atingir o objetivo que se trata, a Sala Municipal de Coordenação e Controle, no âmbito do Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia deverá: definir diretrizes para intensificar a mobilização e o combate ao mosquito Aedes aegypti em todo território municipal, além de consolidar e divulgar informações sobre as ações e os resultados obtidos; coordenar as ações dos órgãos municipais de disponibilização de recursos humanos, insumos, equipamentos e apoio técnico e logístico, em articulação com órgãos distritais, municipais e entes privados envolvidos; monitorar os procedimentos adotados para intensificar as ações de mobilização e combate ao mosquito Aedes aegypti, e propor os órgãos competentes estudos e medidas para alcançar os objetivos definidos. A participação na Sala Municipal de Coordenação e Controle será considerada prestação de serviço público relevante, não remunerado.

O Decreto nº 442 que instituiu a sala Municipal de Coordenação e Controle entrou em vigor na data da sua publicação, dia 23 de Dezembro de 2015.

Humberto Ferreira
Assessoria de Imprensa PMTS