TRT de Tangará da Serra atende em novo endereço

O atendimento ao público acontece entre as 7h30 as 13h

Os servidores do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 23ª região já estão atendendo no prédio novo, localizado na Avenida Brasil, ao lado da da sede da Ordem dos Advogados (OAB). Porém ainda estão em processo de mudança e os telefones não estão funcionando. O atendimento ao público acontece entre as 7h30 as 13h.

O novo prédio foi uma obra muito aguardada pela população tangaraense, as obras vieram se arrastando ao longo de muitos anos. Em 2012 a obra foi abandonada pela empreiteira e retomada em 13 de junho de 2013 pela Econst Construções e Empreendimentos com promessa de conclusão para 16 de dezembro do mesmo ano, prazo que também não foi cumprido. No dia 10 de janeiro de 2014 o então deputado Valtenir visitou o local da obra e constatou o atraso. Em uma conversa com um dos trabalhadores da obra foi alegado que o atraso ocorreu devido a troca de construtora e a emissão de um laudo técnico que condenou parte das vigas de sustentação e boa parte da laje do teto, a qual precisou ser demolida e reconstruída. O que justificaria parte do atraso. O valor total desse novo contrato foi de R$ 1,55 milhões. Foi somente agora em 2015,que as obras foram concluídas. Até o momento a data da inauguração oficial ainda não foi divulgada.

Fonte: Redação DS

Tangará lança campanha de fortalecimento do Fundo da Infância e Adolescência

Junqueira celebra lançamento da campanha com muita satisfação

A Prefeitura de Tangará da Serra, por meio do Prefeito Fábio Martins Junqueira e da Primeira-dama, Helena Simões Matias Junqueira, junto com o Conselho Regional e Estadual de Contabilidade realizaram na terça-feira, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra (Acits), uma palestra sobre as novidades no Imposto sobre a Renda da Pessoa Física 2015 e o lançamento da campanha de Fortalecimento do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) 2015. Dentre 44 municípios que participam do fundo está Tangará da Serra.

“Poder celebrar este lançamento em Tangará é uma satisfação imensa enquanto administrador público. Desta forma queremos atuar ainda mais com trabalhos voltados para a criança e o adolescente”, afirmou o prefeito Fábio Junqueira.

Segundo a presidente da Associação das Primeiras-damas dos Municípios do Estado de Mato Grosso, Bethania Benedita Cruz e Silva, ampliar os trabalhos com este público é de suma importância e esta novidade no IRPF 2015 só veio a acrescentar. “A frente desta associação eu quero levar esse Fundo da Infância e Adolescência para ser implantado em todos os municípios de nosso estado. É com muita alegria que venho prestigiar os trabalhos da Primeira-dama de Tangará, Helena Junqueira, uma mulher de fibra, admirável e temente a Deus. Ao prefeito Fábio, meus parabéns pela condução dos trabalhos neste município”, ressalta.

De acordo com a presidente do CRCMT, Silvia Mara Leite Cavalcante, a novidade na hora da declaração do IRPF 2015, nada mais é do que destinar uma parte, 3% agora em março e abril, ou 6% o ano inteiro, do que se paga em Imposto de Renda para os fundos municipais. “Ao invés de pagar num único DARF, nós repartimos e 97% vai para a União e 3% fica aqui no fundo municipal, na qual os recursos irão colaborar nas ações que serão desenvolvidas com a criança de Tangará”.

Redação DS / Assessoria de Imprensa

Secretária de Educação participa do Fórum de Cultura em Rondonópolis

A secretária de Educação e Cultura de Tangará da Serra, Iolanda Garcia, acompanhada do coordenador de Cultura, Anselmo Parabá participa desde ontem do encontro de Gestores de Cultura e Fórum de Cultura 2015, em Rondonópolis. O evento segue até sexta-feira e tem por objetivo discutir as perspectivas de fomento na área e a reformulação do Sistema Estadual de Cultura. Na abertura contou com a presença do governador de Mato Grosso, Pedro Taques, secretários municipais de cultura e representante do Ministério da Cultura.

De acordo com a secretária, durante o evento foi colhido assinatura do ato que institui 2015 como o ano dos 150 anos de nascimento do mato-grossense Marechal Cândido Rondon. “Foi abordada também a reformulação sobre o Sistema Estadual de Cultura que abrange o planejamento organizacional visando a democratização, descentralização, fomento, capacitação e a economia criativa”, explica. 

Ainda segundo Garcia, o evento prevê a integração com o sistema nacional, a criação de um calendário de ações, a estruturação de um núcleo para captação de projetos e a realização de estudos para elaboração do plano estadual de Cultura. Um evento como este é de suma importância para que cada um apresente suas dificuldades e necessidades para readequar o setor.

Fonte: Assessoria de Imprensa