Rogério Silva sugere abertura de avenida ligando aeroporto ao Residencial Alto da Boa Vista

Rogério Silva (PROS) sugeriu ao Governo do Município a elaboração de projeto e viabilização de obras de infraestrutura – ponte, pavimentação e galerias – para estender a Avenida Beija-Flor, ligando o Residencial Alto da Boa Vista ao aeroporto municipal. Silva lembrou que há pouco tempo foram anunciadas para 2015 as obras que possibilitarão a utilização do aeroporto para voos comerciais.

“Ficaria bem mais fácil o acesso ao aeroporto através do bairro Alto da Boa Vista. Com o bairro seria revitalizado e ganharia a possibilidade de empreendimentos. Não podemos nos esquecer de que aquela é uma região esquecida pelo poder público e seria importante o Município incluir a extensão desta avenida no cronograma de projetos a serem executados”, afirmou Silva.

Em discurso na tribuna da Câmara, o vereador lembrou que ao lado do Jardim dos Ipês está o Jardim Industriário, que também poderia interessar a novos investidores. “Que seja estudada a abertura desta avenida que é importante não só para os moradores daquela região como para a cidade de Tangará da Serra”, concluiu.

Silva destaca ainda que o Governo do Estado está realizando os estudos técnicos e que após a conclusão das obras o aeroporto será regional, o que torna urgente a necessidade de que o Município pense na proposta de extensão da Avenida Beija-Flor. Para ele, caso não seja possível a realização imediata das obras com recursos próprios, o Município poderia incluir no Plano Plurianual (2014-2016) e na Lei de Diretrizes Orçamentárias (2015).

Marcos Figueiró
Assessoria de Imprensa

Frare defende utilização de redutores eletrônicos para evitar acidentes

Claudinho Frare (PR) apresentou ao Executivo Municipal sugestão de ações voltadas à redução do número de acidentes no trânsito. Ele disse reconhecer que o aumento do número de veículos é resultado do desenvolvimento pelo qual passa o município e o País, mas lamentou que junto com isso o número de acidentes tenha crescido.

“Devido ao crescimento socioeconômico da cidade houve aumento de veículos, aumento do movimento e foram gerados acidentes. Fizemos essa indicação para que o Executivo viabilize alguma ação para melhorar o trânsito e diminuir os acidentes”, afirmou Frare ao defender a instalação de redutores de velocidade eletrônicos.

Segundo o vereador, os equipamentos poderiam ser instalados nos pontos críticos – verificados pelo poder público através de estudos sobre os acidentes registrados nos últimos meses. Os redutores eletrônicos, na avaliação do vereador, agirão de forma a prevenir futuros acidentes.

“Em função do grande fluxo de veículos automotores que não respeitam as Leis de Trânsito, bem como de outros que transitam por estas vias de acesso, é de suma importância que se instale redutores de velocidade eletrônicos nesses pontos. Esses redutores obrigarão os condutores a respeitar e diminuir a velocidade dos veículos, evitando assim acidentes e garantindo a tranquilidade do trânsito e a segurança dos munícipes”, conflui Frare.

Marcos Figueiró
Assessoria de Imprensa