Secretaria de Assistência Social e Cemat fazem a entrega de geladeiras a pessoas carentes

A secretária municipal de Assistência Social e primeira-dama Karen Ladeia, juntamente gerentes da CEMAT, secretários municipais e vereadores estiveram na tarde desta quinta-feira (14.04) fazendo a entrega de 70 geladeiras para famílias carentes do Morada do Sol e Bela Vista.

“O projeto da Cemat é muito bom e vem de encontro com as necessidades dessas famílias. Fiquei muito feliz em ver a alegria das pessoas, principalmente porque o resultado deste projeto da Cemat vai aparecer na economia doméstica destas famílias, pois uma geladeira nova consome bem menos energia que uma bem usada.”, disse Karen Ladeia, que completou ainda, “O resultado será mais dinheiro para a alimentação, e para outras necessidades destas pessoas”.

De acordo com o gerente comercial da Cemat em Tangará da Serra, esta é a primeira etapa do projeto. No total, serão distribuídas 200 geladeiras.

Para dona Maria Santina, de 59 anos e moradora do Bela Vista, a nova geladeira fará uma grande diferença na sua casa. “Eu estou muito feliz e emocionada por ter sido selecionada para ganhar essa geladeira, pois a minha já estava bastante velha e nem gelava mais nada.”, falou ela.

Presença

Estavam presentes no ato de entrega a secretária e primeira-dama Karen Ladeia, os vereadores Roque Fritzen, Haroldo Lima e Vânia Ladeia Tretel, além dos secretários municipais, Jairo Ayres, Theorge Marinho, Luis Alberto Pereira, Wellington Bezerra, e o diretor do SAMAE, Jefferson Luis Lima da Silva.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa

IPTU: Prazo para pagamento com desconto foi prorrogado para o dia 29 de abril

O Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU 2011, lançado recentemente pelo município, após a atualização da planta genérica foi prorrogado. “O vencimento com desconto previsto para o dia 15 de abril foi prorrogado para o dia 29 de abril.”, afirmou o secretário de Fazenda, Edirson José Oliveira, “Diante disso, as pessoas terão alguns dias a mais para efetuar o pagamento”.

Segundo ainda o secretário de Fazenda, “Em Tangará da Serra o imposto vira obra. E para realizar as obras que a cidade precisa, é necessário que cada pessoa compreenda que a sua parcela de contribuição é extremamente necessária”, afirmou.

Nelli Tirelli - Assessoria de Imprensa