Rádios

RADIO BAND FM
Rua Euclides G. Medeiros, 1836-S - Vl. Alta
Fone: (65) 3311-7900
E-mail: comercial@bandfmtangara.com.br
Site: www.bandfmtangara.com.br
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT
Como chegar

RÁDIO PIONEIRA AM 560 Khz
Rua José Corsino (12), 442-S - Centro
Fone: (065) 3326-7392 / 3326-2262
Cel: (065) 9945-9803
Site: www.radiopioneira.com.br
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

RÁDIO SERRA FM
Rua Eunice, 380-S - Vl. Portuguesa
Fone: (65) 3329-1049
E-mail: serra.fm@terra.com.br
Cep: 78300-000
Tangará da Serra - MT

RÁDIO TANGARÁ AM 640 Khz
Rua Manoel Dionísio Sobrinho, 36-W - 3° andar - Centro
Fone: (65) 3326-2080
Cep: 78300-000
Site: www.radiotangara.com.br
E-mail: radiotangara@radiotangara.com.br
Tangará da Serra - MT

Centro de Hemodiálise será inaugurado neste sábado

Já está tudo pronto e mais uma sonhada obra pela população que será inaugurada em Tangará da Serra neste sábado, 29, às 09 horas da manhã, ao lado da Unidade Mista de Saúde. Trata-se do centro de hemodiálise, o qual estará atendendo pacientes do Município e de toda região Médio Norte.

O prédio principal tem área de 481,11 metros quadrados, enquanto que o anexo terá uma área de 63,43 metros quadrados, totalizando uma área de 544,54 metros quadrados de construção. A planta baixa foi elaborada pelos engenheiros José Roberto Castro Pinto e Silvia Andreato, da Coordenação de Obras e Reformas da Secretaria de Estado de Saúde, do Governo do Estado.

A Clínica de Nefrologia de Tangará da Serra terá abrigo para ambulância, 1 recepção, 2 consultórios, 1 sala de registro, 1 uma sala guarda pertences, 01 sala branca A, 02 salas amarela B e C com postos de enfermagem e ante-câmara e 03 salas de reuso (todas utilizadas para sessão de hemodiálise), área de pesagem, abrigo para cilindros de oxigênio e ar comprimido, 2 vestiários (masculino e feminino), 1 sala de tratamento de água, depósito, 1 copa com sala de utilidades, sala de recuperação de pacientes com espaço para macas e cadeiras de rodas, 2 banheiros adaptados para deficientes físicos (masculino e feminino), sala de apoio e sala de diretoria.

De acordo com informações passadas pela chefe de departamento de saúde, Jucélia Pereira Luz, a partir de agora, com o funcionamento do Centro de Hemodiálise, as 46 pessoas que atualmente viajam 03 vezes por semana para irem a Cuiabá e Várzea Grande, realizar os procedimentos médicos terão mais conforto não precisando se descolar do Município para a realização dos tratamentos. “De início os tratamentos serão divididos em dois turnos com os 46 pacientes que já vem realizando os procedimentos, mas a nossa expectativa é de aumento de 25% na quantia de pessoas que fazem esse tipo de tratamento num prazo de 06 meses”, explicou Jucélia.

Para o prefeito municipal, Júlio César Ladeia, este é mais um sonho que se transforma em realidade em Tangará da Serra, principalmente dos pacientes de hemodiálise. “Tudo isso é um sonho para nós, que se transformou em realidade, pois agora, depois de tanto trabalho e esforço por parte da administração, nós estamos conseguindo colocar em funcionamento está obra tão importante, principalmente para os pacientes, que precisavam se deslocar semanalmente a Cuiabá para tratamento. Tudo isso acabou a partir de agora e nós estamos muito felizes.”, disse ele.

O Instituto Nefrológico de Mato Grosso (Inemat), será a empresa que estará a frente dos trabalhos do Centro de Hemodiálise de Tangará da Serra.

Assessoria de Imprensa

Tangará da Serra participa da Expo Brasil em Cuiabá

Cuiabá sediou a sétima Expo Brasil, entre os dias 12 e 14 de novembro. O Evento que aconteceu no Centro de Eventos do Pantanal, reuniu experiências no campo de sustentabilidade e geração de renda do Brasil. Participaram também representantes de treze paises, que trouxeram um pouco da cultura e experiências. A sustentabilidade planetária está entre as preocupações da Expo Brasil Desenvolvimento Local desde sua primeira edição, em 2002,e por isso, em 2008 o evento aderiu ao Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT), celebrado pela ONU no triênio 2007-2008-2009. Tal adesão reforça uma iniciativa internacional, coordenada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em parceria com a União Internacional de Ciências Geológicas (IUGS), de promoção da sustentabilidade planetária.

O Prefeito de Tangará da Serra Júlio César Ladeia também esteve visitando o Projeto Kani - O Pequi Paresi, dos índios Paresi de Tangará da Serra.

Fonte: Tribuna de Tangará

Ladeia investe pesado na ampliação e tratamento da rede de esgoto em Tangará da Serra

Mais qualidade de vida, saúde e preservação do meio ambiente. Esses são os principais benefícios oferecidos a população de Tangará da Serra com a ampliação da rede de esgoto da cidade, que com o término das obras, passará de 25 litros para 75 litros por segundo.

O Diretor do Samae, Jefferson Lima, explica que no local estão sendo construídos mais dois módulos, além de mais 6 lagoas. “Hoje existem na estação de tratamento apenas 3 lagoas, com a construção das 6 novas lagoas, a estação de tratamento passará a ter 9 lagoas, e isso é muito importante, já que trará inúmeros benefícios para a população tangaraense.”, disse o diretor.

Através deste trabalho, é possível se perceber a grande preocupação da administração municipal, principalmente com o meio ambiente da cidade, já que através deste trabalho de melhoria no saneamento básico, o esgoto produzido é totalmente tratado antes de ser despejado no meio ambiente, “pois com isso, ele é distribuído no meio ambiente de forma correta e que não o prejudicando”, afirmou Lima.

Somente na construção das 6 novas lagoas estão sendo investidos um milhão e 900 mil reais, além de mais 5 milhões e 700 mil na ampliação da rede de esgoto, a qual atenderá mais 3.500 famílias tangaraenses. “Essa é a segunda etapa da rede de esgoto que estava prevista para este ano e será concluída ainda em 2008. A primeira nós inauguramos no aniversário da cidade em maio.”, informou Lima.

As obras da rede de esgoto da segunda etapa estarão beneficiando principalmente os moradores dos setores W e S da cidade.

Outra boa notícia repassada pelo Executivo Municipal é que já existe projeto para viabilização de mais 50 quilômetros de rede de esgoto em outra região do município. “Nós estamos aguardando liberação dos recursos do PAC para viabilização de mais 50 quilômetros de rede de esgoto, pois sabemos da importância desta obra para os tangaraenses, por isso estamos buscando recursos e investindo pesado neste setor.”, disse o prefeito Júlio César Ladeia.

Assessoria de imprensa