Primeira Dama realiza entrega de edredons à Secretaria de Saúde

Os kits foram doados à Sala da Mulher e repassados pela Primeira Dama

A Primeira Dama e Coordenadora voluntária da Sala da Mulher de Tangará da Serra, Helena Simões Matias Junqueira, efetuou na tarde desta sexta-feira, 05, a entrega de 100 kits de edredons para a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Os kits foram doados à Sala da Mulher e repassados pela Primeira Dama. A ação foi acompanhada pelo Prefeito Fábio Martins Junqueira, pelo Vice-prefeito Renato Gouveia e pelo Secretário Municipal de Saúde, Itamar Martins Bonfim, que agradeceu o empenho de Helena Junqueira. “Agradeço, em nome da Saúde de Tangará da Serra, essa colaboração da Dona Helena, sempre empenhada em ajudar o próximo com as ações sociais que ela desenvolve através da Sala da Mulher. Os edredons serão destinados ao Hospital Municipal e utilizados por nossos pacientes”, salientou Bonfim.

“A Sala da Mulher é um mecanismo de união de esforços em prol da sociedade carente. Desenvolvemos inúmeras ações, exatamente com o objetivo de ajudar a população que mais necessita do Poder Público. Essa doação à Secretaria de Saúde só foi possível graças à mobilização que fizemos e a união de parceiros em torno de mais uma importante causa social”, enfatizou Helena Junqueira no ato de entrega dos cobertores.

Diego Soares - Assessoria de Imprensa

Cerca de sete mil crianças passearam com Papai Noel

Foram cerca de 13 viagens por noite

Durante 19 dias uma média de sete mil crianças passearam no ônibus do Papai Noel que deu até breve a Tangará da Serra.

O novo veículo do Bom Velhinho foi uma novidade, uma vez que Papai Noel passeava pelas ruas, em anos anteriores, em seu tradicional trenó. Mas com o crescimento da cidade e de crianças que queriam passear com Noel, o jeito foi adquirir um meio de transporte maior, que agradou em cheio não somente a garotada. “Quando eu comentei com o prefeito Fábio sobre a questão do trenó, eu pedi para ele a oportunidade de fazer esse ônibus, e passei para ele a situação de que o trenó não era socialmente justo, pois só iam nele quem podia pagar e também algumas crianças que tinham algum tipo de deficiência também não conseguiam. Aí o Fábio pediu para eu ver o que podia fazer e que se fosse gratuito seria ainda melhor. E assim fizemos”, relatou o secretário de Turismo, José Bernardiano.

De acordo com o secretário durante as viagens, o público era de 36 a 38 criança por viagem. “Conseguimos uma média de 36 a 38 criança por viagem e quando a criança é menorzinha cabe ali duas ou três por acento. Coloca o cinto e isso gerou aí sete mil crianças atendidas com o ônibus do Papai Noel”, frisou.

Por noite, ainda conforme Bernardino, foram feitas cerca de 13 viagens, que iniciavam na Praça da Bíblia e seguiam até a rotatória próxima a Franchini.

Segundo o gestor, o ônibus cumpriu o papel para o qual foi pensado. “O prefeito ficou contente com a confecção do ônibus porque conseguimos alcançar a nossa meta, pois somos um município que se cadastrou junto a Unicef, junto a Abrinq para desempenhar ações voltadas às crianças e isso tem ocorrido”, frisou.

O veículo começou a realizar os passeios no dia 17 de dezembro e seguiu até ontem.

Rosi Oliveira / Redação DS