Instituto de Previdência de Tangará é único de MT a classificar em prêmio nacional

O SERRAPREV conquistou a terceira colocação em sua categoria no prêmio que é promovido pela ABIPEM

O Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores Tangará da Serra (SERRAPREV) foi o único instituto de previdência de Mato Grosso a conquistar uma posição de relevância com classificação entre os demais institutos do país durante o Prêmio Destaque Brasil de Responsabilidade Previdenciária que aconteceu em Foz do Iguaçu (PR).

O SERRAPREV conquistou a terceira colocação em sua categoria no prêmio que é promovido pela Associação Brasileira de Instituições de Previdência Estaduais e Municipais (ABIPEM). “Esse é um concurso a nível nacional que avalia a gestão e responsabilidade previdenciária dentre os requisitos. Ficamos bem classificados dentro da nossa categoria, conquistando o terceiro lugar em uma classificação nacional”, destacou o Diretor Executivo do instituto, Heliton Luiz de Oliveira.

Ainda de acordo com Oliveira, o SERRAPREV de Tangará da Serra foi o único Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do Estado de Mato Grosso a ser classificado em todas as categorias. “Isso confirma que estamos no caminho certo, que a gestão do SERRAPREV colhe bons resultados financeiros, de gestão, de governança e de responsabilidade”, pontuou.

O Instituto de Previdência do Município conta com mais de 1.500 contribuintes ativos e cerca de 180 aposentados e pensionistas que são os beneficiários do SERRAPREV. “Para que se tenha ideia, o nosso Instituto é uma espécie de INSS, porém, é um INSS próprio do Município que enquadra os servidores da Prefeitura, da Câmara Municipal, do Samae e os servidores do próprio SERRAPREV”, explicou.

CONQUISTA – “Essa conquista nos dá o direcionamento para nos guiar em relação à questão da gestão. Demonstra que fazemos um trabalho sério, com responsabilidade, governança. Significa que estamos prestando um bom serviço, oferecendo qualidade de vida aos nossos servidores, com responsabilidade previdenciária e cumprindo a legislação”, concluiu o Diretor do SERRAPREV.

Fonte: Diego Soares – Assessoria de Imprensa

Projeto de lei de Paulo Araújo institui a Olimpíada Estadual de Saúde e Meio Ambiente em MT

O torneio consiste na realização de projetos que contribuam para a melhoria das condições ambientais e de saúde, abrangendo arte e ciência

O deputado estadual Paulo Araújo (PP) é autor de um projeto de lei (PL 664/19) que institui na rede pública de ensino fundamental, a Olimpíada Estadual de Saúde e Meio Ambiente no estado de Mato Grosso. Com a aprovação na matéria, o parlamentar visa implementar a educação ambiental na rede pública de ensino e conscientizar a comunidade escolar sobre os problemas ambientais da cidade e em especial da região do entorno de cada unidade escolar e dentro da mesma.

O torneio consiste na realização de projetos que contribuam para a melhoria das condições ambientais e de saúde, abrangendo arte e ciência; produção de texto e projetos de ciências. Caso seja aprovada, a Lei instituirá a competição anualmente, direcionada aos alunos que estejam cursando 6° a 9° série. 

“A essência do projeto é para dar mais experiência para as crianças nas áreas de saúde e meio ambiente, incentivando-as a fazerem pesquisas e projetos, focando no aprendizado desses assuntos que são de suma importância para o desenvolvimento das próprias”, justificou Paulo Araújo.

O deputado defende ainda que, além da educação ambiental, é fundamental que a saúde seja abordada em sala de aula. “Ensinar aos alunos noções básicas de higiene, estimula-los a trabalhar o corpo e a mente e fornecer conhecimento sobre as varias doenças que atingem os seres humanos é uma forma de melhorar a qualidade de vida de toda a população”, finalizou Araújo.

Fonte: Najylla Nunes - Assessoria de Imprensa