Faissal sugere energia fotovoltaica para economizar consumo na AL

Requerimento solicita Mesa Diretora análise da viabilidade financeira para instalação de sistema gerador de energia solar fotovoltaica no prédio do Parlamento.

O deputado estadual Faissal Calil (PV) apresentou um requerimento na terça-feira (4), na sessão vespertina , solicitando a disponibilização da cópia do contrato de fornecimento de energia elétrica firmado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) junto à concessionária Energisa.

“Os tempos atuais vislumbram necessárias reformas na administração pública no intuito de otimizar a aplicação dos recursos”, explica o deputado.

O requerimento apresentado por Faissal também pede a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa a viabilidade financeira para instalação de sistema gerador solar fotovoltaica. A solicitação se faz necessária devido à crescente tendência no uso dessa energia. Além de auxiliar na redução dos custos, também reduz o impacto ambiental.

“A troca das lâmpadas da casa pelas de leds economizaria cerca de 30% na energia elétrica da casa, hoje nós gastamos em torno de R$ 250 mil por mês e temos condições de fazer um estacionamento aqui na ALMT com garagens cobertas por placas de energia fotovoltaica e essas placas produzem uma energia renovável que não agride o meio ambiente, tal como acontece hoje em dia na Justiça Federal”, conclui Faissal. 

Fonte: STEPHANIE ROMERO FRANCISCO / Gabinete do deputado Faissal

Governo pede autorização de empréstimo de até US$ 332 mi

A Assembleia Legislativa pode autorizar o governo de Mato Grosso a contrair empréstimo de até US$ 332,610 milhões junto ao Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). O aval para contratar o empréstimo foi dado pela União (Secretaria do Tesouro Nacional).

Mas antes de a matéria ir à votação em Plenário, os deputados vão discutir o Projeto de Lei 310/2019 com o secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo, na terça-feira (26), às 15 horas, no Colégio de Líderes.

Os recursos obtidos com a operação de crédito, de acordo com o governador Mauro Mendes (DEM), serão aplicados na liquidação da divida externa do Estado com o Bank of América. O montante da dívida atual com a instituição financeira é de, aproximadamente, US$ 250 milhões.

A Mensagem 53/2019, do governo do estado, destaca que o empréstimo é a saída que o Estado encontrou para sanear parte das contas públicas e, com isso, recuperar o equilíbrio fiscal, e ampliar a capacidade de investimentos com recursos próprios.

Entre as condições acertadas pelo governo e o Bird é de o empréstimo ser pago em 240 meses (20 anos), sem carência. A quitação da primeira parcela é imediata. A taxa de juros cobrada pela instituição financeira é de 3,5% ao ano. Já a taxa administrativa que o governo tem que pagar ao Banco Mundial é de 0,25%.

O líder de governo na Assembleia, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), fez questão de destacar que é um projeto simplificado, em que constam apenas os requisitos do Tesouro Nacional. O parlamentar observou que a troca de dívida, que é a proposta do governo para o pedido de empréstimo, vai gerar economia para os cofres públicos.

Fonte: Assessoria Assembleia Legislativa

Cerca de 120 atletas são esperados para 1ª Aventura dos Tangarás

Os times concorrem a R$ 6.500,00 em premiação

Três modalidades esportivas disputadas em terrenos diferentes e variados. Assim será a 1ª Aventura dos Tangarás, uma prova inédita no município, promovida pela Sett Assessoria Esportiva, com apoio da Prefeitura de Tangará da Serra, com largada/chegada nas mediações da Estação de Tratamento de Água. 

De acordo com o professor Sandro Araújo, as provas de Travessia Aquática, Trail Run e Cross Duatholon estão divididas em dois dias – 22 e 23 de junho – com a participação máxima de 120 atletas (limite de vagas). “Escolha uma das três modalidades em disputa e vamos colocar o corpo para mexer”, convida o responsável, ao explicar que na Travessia Aquática o competidor pode optar por nadar 500 metros ou 1.000 metros (duas Categorias); o Trail Run será uma corrida de 10 quilômetros em terreno acidentado; e o Cross Duathlon o participante irá correr cinco quilômetros, pedalar mais 23 e novamente correr mais 2,5 quilômetros. “Uma experiência nova que estamos trazendo para Tangará”.

“A grande atração da prova vai ficar por conta da travessia aquática, porque é uma modalidade olímpica e que está crescendo muito no Brasil, com natação em águas abertas em mar, lagos ou represas. Então, como a nossa região não tem mar, a gente aproveita as represas para fazer o trabalho”, completa. Para essas provas, são esperadas a participação de atletas de Cuiabá, Várzea Grande, Campo Novo, Barra do Bugres, Sinop e Chapada dos Guimarães, além de Tangará da Serra. “Venha se divertir, alcançar seus objetivos, diminuir seu tempo e confraternizar com a comunidade de atletas”.

Aos interessados, as inscrições serão realizadas pelo endereço eletrônico: https://ticketagora.com.br/e/1-aventura-dos-tangaras-8133, por R$ 80 (kit com camiseta) ou R$ 60 (kit sem camiseta). O encerramento das inscrições está previsto para o dia 15 ou até o preenchimento total das vagas. 

PREMIAÇÃO – Serão premiados com troféus os três primeiros colocados geral nas modalidades de Trail Run 10k, Cross Duathlon e Travessia Aquática masculino e feminino; troféu para o primeiro colocado de cada faixa etária nas modalidades Trail Run 10 K e Cross Duathlon; além de medalhas a todos que cruzarem a linha de chegada.

Fonte: Fabiola Tormes - Redação DS