Escola 13 de Maio se destaca nos Jogos Escolares da Juventude de Tangará

A escola participou de seis finais, sendo campeã em cinco delas

A Secretaria Municipal de Esportes de Tangará da Serra encerrou na última sexta-feira, 10, os Jogos Escolares da Juventude – Fase Municipal – Categoria A, que contou com a participação de 15 escolas do município.

Oito equipes entraram em quadra em busca do título, sendo o grande destaque a Escola Estadual 13 de Maio que participou de seis finais, sendo campeã em cinco delas. “Chegamos em seis finais e vencemos cinco”, comemora a professora Michelli Stuchi, ao destacar que foram em torno de 32 jogos, em uma competição muito bem organizada, segundo ela. A escola foi campeã nas categorias masculina e feminina no Handebol e voleibol, além do futsal masculino. 

No Futsal feminino a campeã foi a Escola Estadual Ramon Sanches Marques e vice-campeã a Escola Estadual 29 de Novembro; no Futsal masculino a escola 13 de Maio e vice a 29 de Novembro. Já no Handebol foram campeões a Escola 13 de Maio, no feminino e masculino, e vices, João Batista e Avance, respectivamente.


Governo demite 25 e cassa aposentadoria de 12 servidores

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, demitiu 25 servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e cassou a aposentadoria de outros 12 por envolvimento em esquema de venda ilegal de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no período de 2010 a 2013. Decisões em relação a 36 servidores foram publicadas no Diário Oficial desta sexta-feira (10). Outra decisão saiu no Diário Oficial do último dia 29 de abril. 

As penalidades decorrem de processos administrativos disciplinares instaurados no ano de 2016 pela Controladoria Geral do Estado (CGE) e pelo Detran. Após o devido processo legal, em que foram oportunizados aos acusados a ampla defesa e o contraditório, foram aplicadas as sanções máximas aos servidores por improbidade administrativa e corrupção, entre outras infrações funcionais previstas no Estatuto do Servidor Público de Mato Grosso (Lei Complementar n. 04/1990). 

Os processos administrativos disciplinares foram instaurados para apurar suspeitas de participação dos servidores nas irregularidades investigadas no Inquérito Policial nº 324/2010/DMPBG/MT, o qual resultou na deflagração da Operação Fraus, em 2013, pela Polícia Judiciária Civil, Regional de Barra do Garças.