Quadro da PGE é reforçado com sete novos procuradores

Ingresso na carreira foi possível por meio de TAC firmado com o Ministério Público do Estado.

O quadro de procuradores do Estado ganhou o reforço de sete novos membros, empossados no cargo na manhã desta quarta-feira (31.10), no auditório da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Durante a cerimônia, a procuradora-geral do Estado, Gabriela Novis, lembrou que a posse só foi permitida por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Ministério Público, e homologado pelo Poder Judiciário. 

Estão nomeados para o cargo de procurador do Estado: Gabriel Meira Nóbrega de Lima, Ana Grazielle Gomes Lima Bezerra, Igor Veiga Carvalho Pinto Teixeira, Julyana Lannes Andrade, Telmo de Moura Passareli, Natalia de Vasconcelos Oliveira Ramos e Caroline de Vargas Tomelero. 

A procuradora-geral do Estado citou avanços da PGE ao longo da atual gestão estadual. “Em 2015 começamos com 68 procuradores e vamos fechar 2018 com 95. É um avanço histórico, um salto gigante para a PGE e para o cidadão mato-grossense, porque representa mais combate à corrupção, mais acompanhamentos de contratos e mais lisura em todos os atos administrativos”, disse Gabriela Novis.

O último concurso para procurador foi realizado em 2016. No ano seguinte ingressou o primeiro grupo de aprovados. A procuradora-geral citou a atuação dos seus antecessores, Patryck Ayala e Rogério Gallo, atual secretário de Fazenda do Estado, neste processo de evolução da PGE. “São muitos avanços que a gente vai construindo aos poucos. Vocês não vão encontrar uma PGE pronta, é uma PGE em construção, mas eu posso afirmar que estão entrando na PGE no melhor momento”, afirmou a procuradora-geral.

Responsável pelo discurso em nome dos recém-empossados, Igor Veiga Carvalho Pinto Teixeira, 30 anos, afirmou que todos lutaram e se esforçaram para conquistar o cargo de procurador do Estado de Mato Grosso. “Desde a faculdade eu tinha o sonho de exercer o cargo de procurador. Cheguei a primeira vez ser procurador do Estado da Bahia, mas por ter uma história de afinidade com o Estado resolvi vir para Cuiabá, que é uma cidade mais atrativa do que onde eu morava, Ilhéus (BA). Então, com certeza, é um dos dias mais felizes da minha vida. É uma expectativa muito boa, apesar de saber dos desafios e do trabalho que vai ser grande e muitos problemas a serem solucionados, mas estou muito feliz e espero exercer o cargo muito bem e contribuir para o povo mato-grossense”, reforçou.

Fonte: Noelma Oliveira | PGE-MT

Celebrações marcarão Dia de Finados em Tangará da Serra

Missas acontecerão no cemitério principal e do Progresso e Memorial

Os Cemitérios Jardim da Paz e do Distrito de Progresso, e ainda o Memorial dos Pioneiros receberão nesta sexta-feira, dia 2 de novembro, milhares de fiéis para a celebração do ‘Dia de Finados’. Neste dia é comum esses locais receberem um grande número de pessoas que acendem velas nos túmulos e rezam pela salvação daqueles falecidos e também para participar das celebrações religiosas. 

Em Tangará da Serra, organizadas pelas Paróquias Nossa Senhora Aparecida e Santa Terezinha, com apoio da Univida, as missas serão realizadas em diferentes horários, iniciando com a primeira celebração às 6h30, no Cemitério Jardim da Paz; às 8h, simultaneamente, no Distrito de Progresso, Memorial dos Pioneiros e novamente no cemitério principal, e encerra às 17h, com a última celebração aos entes sepultados no Cemitério Jardim da Paz.

“Somos convidados como Igreja para podermos celebrar pelos nossos fiéis defuntos, que a igreja assim os chama, ou falecidos. Assim convidamos todos os cristãos católicos, em especial, que fazem parte da nossa fé, para rezar pelos nossos falecidos e agradecer a Deus pela vida, pela fé e pelo tempo que vivemos aqui na terra”, convida o pároco, Frei Hélio dos Santos, ao explicar que trata-se de um momento, em que os fiéis saem da igreja e celebram a fé e a vida, recordando dos entes queridos, no ambiente em que foram sepultados. “A simbologia de irmos ao cemitério, onde visivelmente a gente sabe que foi ali que depositamos [nossos entes], mas que não é ali que fica como morada eterna. Mas o fato de irmos lá (…) acender as velas, depositar nosso carinho, nosso amor através das flores, mas em especialmente através da oração, é importante”. 

No Cemitério Jardim da Paz, local que recebe o maior número de fiéis, as missas acontecerão tradicionalmente no espaço principal (próximo ao Cruzeiro), onde será montada uma tenda e terão algumas cadeiras a disposição. “Mas se você que vai e puder levar a sua cadeira, que faça, pois sempre é grande o número de pessoas que participam das celebrações, graças a Deus”.

Fonte: Fabíola Tormes / Redação DS 

Cerca de 4 mil alunos de Tangará participarão do Enem

Em Tangará as provas serão aplicadas em quatro unidades educacionais

Mais de 5,5 milhões de candidatos de todo o Brasil farão nos dois próximos domingos, dias 04 e 11 de novembro, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No Mato Grosso, quase 100 mil se inscreveram para a prova.

Em Tangará da Serra, de acordo com a coordenação municipal do exame, aproximadamente quatro mil candidatos participarão das provas, que serão aplicadas nas Escolas Estaduais João Batista e 13 de Maio, no Centro de Ensino Jovem e Adulto (Ceja) Antônio Casagrande, e também na Universidade de Cuiabá (Unic) campus Tangará da Serra.

Conforme informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), do total de candidatos em todo o país, quatro milhões já acessaram o cartão de confirmação onde indicam os dados sobre os locais de prova.

Os candidatos devem ficar atentos ao relógio e com a mudança promovida com o horário de verão para não perderem a hora. Em todo o Mato Grosso, a abertura dos portões será às 11h e o fechamento às 12h, seguindo o horário local.

O cartão de confirmação de inscrição do Enem está disponível para consulta na página do participante, onde além do local de prova, também informa data, horários de aplicação e os dados do candidato. No dia da prova, somente serão aceitos documentos originais e com foto, como cédulas de identidade, identificação de conselhos de classes, carteira de trabalho, passaporte, certificado de reservista e carteira de habilitação.

As notas do Enem podem ser usadas para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições particulares de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Rodrigo Soares - Redação DS