Município lança Selo e Carimbo Comemorativo pelos 40 anos

Tanto o carimbo, quanto o Selo Comemorativo terão a validade de 30 dias

Há menos de um mês para Tangará da Serra comemorar 40 anos de emancipação político-administrativa, que será lembrado no dia 13 de maio, o Executivo Municipal firmou no dia 15 de abril, sexta-feira passada com a Agência dos Correios um acordo que se efetivará na confecção de um Selo Comemorativo, bem como um carimbo, ambos com o brasão do município.

Segundo o secretário de Turismo, José Bernadino, o convênio foi firmado após a administração municipal tomar conhecimento de que em datas específicas tal ação poderia se firmar. “Tomamos a ciência de que os Correios em datas comemorativas de décadas abrem esse precedente, e então buscamos através de uma reunião tornar realidade a possibilidade”, disse, salientando que apesar de simples, a forma de comemoração é bastante especial. “Significa o nome de Tangará por outros municípios, levando a identidade do nosso município. Portanto, apesar de singela é muito singular. Com essa parceria os 40 anos de Tangará da Serra serão lembrados tanto dentro quanto fora da cidade”, ressaltou.

De acordo com Bernadino, o carimbo já foi confeccionado pelo município. Já o Selo comemorativo ficou por conta dos Correios efetivar sua confecção.

O secretário disse ainda que tanto o carimbo quanto o Selo Comemorativo terão a validade de 30 dias, circulando por todo o estado, ou mesmo pelo mundo. “Acordamos com os Correio essa bela homenagem que vigorará por 30 dias, que compreenderá sua utilização do dia 12 de maio até o dia 10 de junho, quando teremos nossa cidade em evidência”.

O lançamento do selo Comemorativo e também do carimbo serão realizados em uma cerimônia, que acontecerá no dia 12 de maio com a presença de representantes dos Correios e lideranças municipais.

Fonte: Rosi Oliveira - Redação DS

Casa de Rondon somente poderá receber melhorias após doação da área

O município não pode mexer na área, pois esse encargo é do estado

No dia 18 de abril de 2010, atendendo uma indicação do há época, vereador Celso Ferreira, o secretário de Turismo de Tangará da Serra, João Negão, visitou o Assentamento Antonio Conselheiro. O objetivo era constatar in loco as necessidades da Casa de Rondon. Construída em 1906, a Casa foi utilizada pela comitiva de Marechal Rondon, servindo como uma das bases teleféricas. Hoje, seis anos após o ocorrido, a Casa de Rondon continua necessitando de melhorias.

De acordo com o secretário de Turismo, José Bernadino, os entraves para que benfeitorias possam ser realizadas no local são muitas, o que tem dificultado as ações. “A Casa foi tombada pelo Estado, sendo em área pertencente ao Incra, o que impossibilita então que o município faça qualquer benfeitoria no local. Somos sabedores das necessidades, mas não podemos realizar nenhum tipo de obra ali”, informou, enfatizando que no ano passado o executivo enviou à Câmara de vereadores a solicitação para receber a área do Incra, o que não foi permitido. “Solicitamos do legislativo a aval para recebermos a área do Incra, quando então a mesma passaria a nos pertencer e teríamos direitos sobre a área, mas infelizmente não tivemos êxito”, disse Bernardino.

De acordo com o secretário não há possibilidade de enquanto isso não acontecer o município poder mexer na área, pois esse encargo é do estado, com o qual já buscou firmar parcerias, mas não teve respostas.

Fonte: Rosi Oliveira - Redação DS